sexta-feira, 28 de outubro de 2016

(Superliga) Com mais de 4 mil pessoas, Sesi-SP supera Copel Telecom/Maringá

Mais de quatro mil pessoas estiveram presentes no ginásio Chico Neto e viram o Sesi-SP vencer o Copel Telecom/Maringá por 3 sets a 0, parciais de 25/18, 25/16, 25/20, pela rodada inaugural da Superliga 2016/2017. Com grande atuação da dupla Bruninho e Lucão, o time paulistano dominou as ações da partida desde o começo, não dando chance de reação aos donos da casa.

O central Aracaju começou sendo a principal opção de ataque do Sesi-SP, virando os dois primeiros ataques do clube paulistano. Em chutada de meio, a equipe comandada por Marcos Pacheco abriu 5 a 10 de vantagem no placar. Os saques do time visitante dificultavam a recepção adversária e a diferença chegou a 12 a 18. O Copel Telecom/Maringá cresceu na partida, reduziu a diferença, mas não conseguiu mudar o rumo da primeira parcial. O set foi encerrado em 18 a 25 após rally longo, de 45 segundos, encerrado com o oposto Théo explorando o bloqueio.

O time paranaense começou em vantagem no segundo set, abrindo dois pontos. Aos poucos, o Sesi-SP encaixou o bloqueio e virou o placar para 6 a 7 em bola pelo meio com Lucão. A partir desse ponto, o time paulistano deslanchou e foi aumentando a vantagem. Théo, em uma diagonal anotou 13 a 18 no placar. E com Murilo atacando uma bola de meio fundo fechou o segundo set 16 a 25.

O terceiro set começou com os dois times trocando pontos, com bastante equilíbrio. O central Aracaju, em contra-ataque, conseguiu abrir três pontos de vantagem ao Sesi-SP, que passou a dominar. O time paulistano teve vantagem durante quase todo tempo, mas em dois momentos o Copel Telecom/Maringá encostou e ficou apenas dois pontos atrás. Apesar de chegar perto, o time paranaense errava demais. Mais equilibrado em todos os fundamentos, os visitantes tiveram tranquilidade para fecharem em 20 a 25 após diagonal de Theo.

“Achei que a equipe foi bem, tivemos bom padrão. Vencer em três sets diretos significa que tivemos equilíbrio em quase todos os fundamentos. No primeiro set tivemos erros de saque depois corrigimos e evoluímos. Mas temos muito para crescer, muito para evoluir”, disse o levantador Bruninho.

“É muito complicado jogar aqui em Maringá. Enfrentamos uma equipe experiente, com uma torcida forte e participativa. Uma vitória por três pontos, por três sets a zero e que lá na frente será importante, então foi um saldo positivo”, destacou o técnico Marcos Pacheco.

"O Sesi-SP chegou em Maringá pressionado pela derrota no Campeonato Paulista e sabíamos que teríamos chance se controlássemos o ímpeto deles no início do jogo, mas eles começaram sacando e passando muito bem e não conseguimos controlar isso. Acho que o jogo foi bom para a equipe sentir o ritmo de um jogo contra um dos adversários mais difíceis do campeonato. Além disso colocamos todos para jogar, dando ritmo de jogo para nossos atletas", explicou o técnico Nutti.

As duas equipes voltarão à quadra na próxima semana. O Sesi-SP buscará embalar contra o Lebes/Gedore/Canoas, na quinta-feira, às 21h, no ginásio da Vila Leopoldina. Já o Copel Telecom/Maringá buscará a primeira vitória contra a Funvic/Taubaté, no sábado, às 21h30min, no ginásio do Abaeté.

Equipes:

Copel Telecom/Maringá: Ricardinho, Marcílio, Michael, Ualas, Aranha, Sérgio e Felipe (líbero)
entraram: Gentil, Aureliano, Hermely, Pedro, Leozão, Mudo e Secco
técnico: Nutti

Sesi-SP: Buninho, Theo, Lucão, Murilo, Fábio, Aracaju e Serginho (líbero)
entraram: Johan, Douglas Sousa, Alan e Leitzke
técnico: Marcos Pacheco

foto: Rodrigo Araujo/Copel Telecom Maringá

Nenhum comentário:

Postar um comentário