quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Com nova lesão no ombro, Sidão faz cirurgia e para por cinco meses

Devido a uma grave lesão no ombro direito, o central Sidão acabou perdendo quase toda a temporada 2015/2016, voltando apenas nos playoffs da Superliga. Chegou a treinar com a Seleção Brasileira, mas acabou cortado por Bernardinho da Liga Mundial e dos Jogos Olímpicos Rio/2016. Mostrando estar recuperado, o jogador ajudou o Sesi-SP a conquistar a Copa São Paulo, porém na última semana apareceu um novo problema.

Em um treino normal, antes da partida contra a Funvic/Taubaté, pela última rodada da fase classificatória do Campeonato Paulista, Sidão foi subir a rede e sentiu seu ombro descer. Foi constatada uma luxação no local, sendo que não tem nenhuma ligação com a lesão anterior. Na última segunda-feira, ele foi submetido a uma artroscopia e uma capsuloplastia e vai precisar de cinco meses para voltar às quadras.

“Agora meu ombro foi todo refeito e não teve nada a ver com a cirurgia anterior. Estava jogando normalmente o Campeonato paulista. Não estava sentindo dores, não tem como explicar. Foi uma fatalidade mesmo. Fiquei muito triste com tudo o que aconteceu, mas tenho que pensar daqui para frente. O sentimento agora é o de me recuperar o mais rápido”, disse Sidão

A operação foi feita pelo médico do Sesi-SP, Sérgio Xavier, e a expectativa é que o central tenha condições de jogo nos playoffs da Superliga 2016/2017. Aos 34 anos, o jogador se mostra tranquilo e ansioso para iniciar a fisioterapia, algo que deve iniciar em três semanas.

foto: Sesi-SP/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário