quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Em parceria com o Clube Jaó, Monte Cristo estuda sediar a Taça de Prata

Depois de confirmar presença na Taça de Prata (torneio seletivo para a Superliga B), a diretoria do Monte Cristo estuda trazer a competição para a cidade de Goiânia. Uma parceria envolvendo o Clube Jaó estaria bem encaminhada, tendo várias frentes envolvidas na negociação que já teria sido encaminhada para a Confederação Brasileira de Vôlei. 

“Em parceria com o Clube Jaó, estamos tentando trazer a Taça Prata para Goiânia. A busca conta com o apoio da Entidade de Administração Goiana de Voleibol (EAGV) e nossa federação, que apóia a iniciativa. É uma excelente oportunidade para o voleibol goiano”, explica o técnico e um dos idealizadores do Monte Cristo, Paulo Martins. 

Recentemente, o Monte Cristo (com jogadores entre 16 e 22 anos) ficou com o segundo lugar da Liga Goiana, perdendo a decisão para o Verbo Jaó, no ginásio do Sesi Ferreira Pacheco. Para o comandante da equipe foi uma boa oportunidade de dar experiência para os atletas mais jovens. 

“O jogo foi considerado bom, principalmente no terceiro set, no qual foi possível identificar exatamente onde precisamos treinar mais e quais posições a equipe precisa de reforços para ser mais competitiva nos próximos campeonatos”, pontuou Paulo Martins. 

A Taça de Prata que ocorrerá entre os 24 a 30 de outubro, dará ao campeão e ao vice uma vaga na Superliga B, que está programada para iniciar em janeiro. A definição do local do torneio e dos clubes participantes deve ocorrer no dia 7 de outubro. 

foto: Monte Cristo/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário