domingo, 4 de setembro de 2016

Desafio de Ouro: Quase 40 mil pessoas viram o Brasil ganhar de Portugal

Um total de 39.790 pessoas encheu o estádio Mané Garrincha, em Brasília, para homenagear a equipe comandada pelo treinador Bernardinho e testemunhar a despedida de um dos jogadores mais vitoriosos da história do esporte verde e amarelo, o bicampeão olímpico Serginho. Para coroar o momento, a Seleção Brasileira venceu Portugal por 3 sets a 1, parciais de 25/20, 20/25, 25/21 e 15/8.

“Foi muito significativo jogar em um estádio na capital do país com quase 40 mil pessoas. Esse carinho e a emoção do público de estar perto da seleção foram impressionantes. Esse foi o afago final depois de uma conquista tão importante. Os dois dias foram muito bacanas e coroaram todos os momentos de luta, sofrimento, pressão e dúvidas desse time que nunca deixou o primeiro lugar no ranking da Federação Internacional de Voleibol. Foi um final mais do que merecido para toda essa geração”, analisou o técnico Bernardinho.

“Foi maravilhoso ter a oportunidade de fazer um jogo para mais de 40 mil pessoas. Agradeço a todos que vieram e fizeram essa festa incrível. Sabemos o quanto nos sacrificamos e o apoio e o carinho do público fazem tudo valer a pena”, disse o levantador Bruninho.

Depois de 15 anos de dedicação, o líbero Serginho fez hoje a última partida com a camisa do Brasil. Campeão olímpico em Atenas, em 2004, Serginho disputou as finais de Pequim/2008 e Londres/2012, quando ficou com a medalha de prata, e conquistou novamente o ouro há duas semanas, no Rio/2016. E se ele achava que toda a emoção desse momento de despedidas havia se encerrado na final olímpica, hoje o líbero reviveu mais um dia inesquecível com a realização do último jogo e as homenagens recebidas.

“São anos dedicados a seleção e estou feliz demais por tudo que aconteceu na minha vida. Eu só tenho gratidão ao voleibol. Muitas pessoas têm uma história linda nesse esporte e eu fui contemplado para ser uma delas. Estou muito feliz por ter feito história junto com esses meninos, com toda a comissão técnica e é uma felicidade enorme”, disse Serginho, prestes a completar 41 anos.

foto: CBV/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário