quarta-feira, 28 de setembro de 2016

CBV segue modelo mundial e retira tempos técnicos da Superliga 2016/2017

Em reunião realizada nesta quarta-feira, em São Paulo, diretores da Confederação Brasileira de Voleibol e representantes dos clubes participantes definiram os últimos detalhes para a realização da Superliga 2016/2017. Entre os assuntos ficou estabelecido que as paradas no oitavo e décimo sexto pontos foram abolidas. A CBV segue os moldes utilizados a partir de agora nas competições internacionais.

“Foi uma reunião bastante proveitosa. O que nos deixou mais felizes foi ver que todos os clubes estão cada vez mais imbuídos em fazer uma bela competição”, comentou o diretor de voleibol de quadra Radamés Lattati, que ao lado do superintendente Renato D´Ávila e do diretor comercial Douglas Jorge falaram em nome da CBV.

As saídas dos tempos técnicos chamaram a atenção nos Jogos Olímpicos Rio/2016, mas não se teve uma real visão da mudança no dinamismo das partidas, pois o ‘vídeo check’ acabou variando muito essa questão. A Superliga 2016/2017 segue assim a Serie A1 (Itália), a Champions League (Europeu) e o Mundial de Clubes.

A CBV confirmou que Sportv e Rede TV terão os direitos de transmissão durante toda a temporada regular, enquanto a decisão (jogo único) será transmitida também pela TV Globo. A apresentação oficial da Superliga 2016/2017 ocorrerá no dia 24 de outubro, na capital paulista, enquanto a rodada de estreia acontece no dia 27 de outubro.

foto: CBV/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário