terça-feira, 6 de setembro de 2016

Bernardinho não tem pressa para responder se continua no comando do Brasil

Considerado um dos principais treinadores dos últimos anos, Bernardinho já recebeu da CBV proposta de renovação para um novo ciclo olímpico, ou seja, até Tóquio/2020. A entidade não trabalha com outros nomes e espera uma definição nas próximas semanas, porém o comandante do time verde e amarelo desde 2001 vem estudando e conversando com pessoas próximas antes de confirmar seu futuro.

“Eu estou pensando sobre isso. Falei com os jogadores já. Eu tenho um plano para os próximos quatro anos, mas não há pressa. O importante é que temos um excelente grupo de jogadores. Temos uma seleção e por isso mesmo se outro treinador assume a equipe, ele terá uma base para o novo ciclo. Vamos ver o que vai acontecer. Eu não fiz qualquer decisão ainda”, declarou Bernardinho.

Nos últimos dias se falou de uma proposta do Japão e o próprio Bernardinho confirmou o interesse dos asiáticos em tê-lo no comando da equipe masculina pensando nos Jogos Olímpicos que terão em casa em 2020. Entretanto, o técnico do Rexona-Sesc, do Rio de Janeiro, não teria ficado muito interessado na oferta.

“Eu tenho algumas ofertas, incluindo a do Japão. Ainda assim, alguns rumores não são verdadeiros. Não existe um cheque em branco, como alguns meios de comunicação tem publicado. Os japoneses são extremamente responsáveis ​​e sabem apreciar o seu valor. Eles querem que eu vá para lá, mas eu não tenho vontade de fazer isso. Eu vejo meus amigos indo para o exterior e isso me incomoda muito. Muitas pessoas boas estão saindo e que, vai cuidar da nossa casa?”, finalizou Bernardinho.

Nos bastidores se fala muito sobre a possibilidade de Rubinho, hoje auxiliar-técnico, assumir como treinador principal. Entretanto, Bernardinho ficaria como uma espécie de coordenador, sempre ajudando no que for possível. Outro nome cogitado é o de Giovane Gavio, que hoje comanda a seleção brasileira Sub-21 e vai estar a frente do Sesc-RJ na Superliga B.

foto: CBV/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário