domingo, 28 de agosto de 2016

Tricampeões olímpicos jogarão na Arena da Baixada e no Mané Garrincha

A Seleção Brasileira se tornou tricampeã olímpica ao bater a Itália na grande final dos Jogos Rio/2016 por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 28/26 e 26/24, no ginásio do Maracanãzinho. Para comemorar o tri (Barcelona/1992 e Atenas/2004), a Confederação Brasileira de Vôlei confirmou dois amistosos contra Portugal para a Arena da Baixada, em Curitiba, no dia 3 de setembro, e no estádio Mané Garrincha, em Brasília, no dia 4.

A iniciativa lembra um dia histórico para o voleibol nacional. Há 33 anos, no dia 26 de julho de 1983, 95.887 pessoas lotaram o estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, para acompanhar um jogo amistoso entre a Seleção Brasileira e a União Soviética, então campeã olímpica e mundial. O duelo vencido pelos brasileiros por 3 sets a 1, parciais de 14/16, 16/14, 15/7 e 15/10 entrou para o Guinness Book, livro dos recordes, ao reunir o maior público em um duelo de esportes olímpicos a céu aberto. 

A partida teve a atmosfera de confraternização e, no intervalo entre os sets, soviéticos e brasileiros ajudaram a organização a secar a quadra que foi castigada por uma forte chuva que caiu na cidade carioca. Um dos destaques do Brasil, o vice-campeão olímpico Renan Dal Zotto relembra com carinho do momento marcante na sua carreira.

“Foi uma experiência única ter disputado uma partida de vôlei em um estádio de futebol lotado com mais de 95 mil pessoas. A atmosfera era contagiante e esse jogo ajudou muito no crescimento do voleibol. Temos poucas imagens, mas foi um duelo que ficou para a história. Lembro que no intervalo os soviéticos ajudaram a secar a quadra e acabamos vencendo o jogo. Posso dizer que foi um dos momentos mais emocionantes da minha vida”, disse Renan, que acredita na possibilidade dos brasileiros vivenciarem uma emoção parecida na próxima semana.

“Será uma oportunidade incrível para os torcedores assistirem à seleção brasileira masculina de vôlei completa com todos os integrantes da conquista do ouro olímpico, sem contar que serão os últimos jogos do Serginho com a camisa da seleção brasileira”, lembrou o agora diretor de seleções da CBV.

Compre seu ingresso aqui: http://2016.cbv.com.br/desafio-de-ouro-2016.html

foto: CBV/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário