sábado, 6 de agosto de 2016

(Jogos Olímpicos) Sidão recusa convite de Bernardinho para voltar a Seleção

Com a lesão muscular de Maurício Souza, a comissão técnica do Brasil já se preparou para o pior, no caso, ter que cortar o atleta antes mesmo do começo dos Jogos Olímpicos Rio/2016. Sendo assim, Bernardinho e companhia fora buscar alternativas e entraram em contato com Sidão, que ainda magoado com o corte antes mesmo da Liga Mundial recusou o convite.

– Foi uma conversa muito rápida. Ele falou sobre a lesão do Maurício (Souza) e disse que contava comigo. Não quis nem saber se seria só até o Maurício se recuperar ou se seria em definitivo. Não importava. Na hora veio toda a mágoa que senti quando fui cortado. Faltou carinho comigo, ali respondi com meu coração. São 11 anos de seleção e não me deram a chance de disputar uma Olimpíada no Brasil. Acho que merecia ter viajado para a Liga Mundial para uma avaliação da comissão. Aí faltando um dia eu recebo um telefonema? Com que cara eu chegaria lá? Não é assim que funciona, não. Eu tenho meus princípios, sou homem, não sou nenhum garoto”, declarou Sidão, em entrevista para o globoesporte.com.

Sem nenhuma declaração oficial sobre o assunto tanto por parte da comissão técnica ou de forma oficial da Confederação Brasileira de Vôlei, o certo é que Maurício Souza fica no grupo, já que a lesão na coxa não é tão grave. Segundo o médico da seleção, Ney Pecegueiro, a tendência é que ele fique à disposição para o terceiro duelo do Brasil nos Jogos Olímpicos, no caso contra os Estados Unidos, no dia 11.

foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário