segunda-feira, 8 de agosto de 2016

(Jogos Olímpicos) Na busca pela segunda vitória, Brasil pega o Canadá

A Seleção Brasileira faz nesta terça-feira, às 22h35min, a sua segunda partida na fase de grupo dos Jogos Olímpicos. Depois de vencer o México na estreia, os comandados de Bernardinho encaram o Canadá, que surpreendeu a todos ao vencer os Estados Unidos por 3 sets a 0 na primeira rodada. O duelo será no Maracanãzinho e expectativa de ginásio lotado.

“A caminhada é longa. Tivemos um jogo difícil contra o México e temos que descansar. Vamos treinar nesta segunda, claro, isso faz parte do processo de trabalho, mas precisamos nos poupar também. Ficar na Vila, descansando e já pensando no jogo contra o Canadá”, comentou o líbero Serginho.

“Sabemos que precisamos crescer, evoluir e agora já estamos pensando 100% no Canadá. Vamos treinar e estudar o time deles ainda mais para conseguirmos fazer uma boa partida na próxima rodada”, disse Bruninho logo após a vitória sobre o México.

As duas preocupações do elenco diminuíram consideravelmente. O central Lucão, que saiu do primeiro jogo com dores no joelho direito, passou por exames e não foi constatado lesão. As dores são devido a uma inflamação, que será tratada com fisioterapia, mas ele deve ficar à disposição contra o Canadá. Já o também central Maurício Souza, que já não participou da partida de estreia por um pequeno estiramento no músculo posterior da coxa esquerda, vem evoluindo bem e deve voltar a quadra diante dos Estados Unidos.

“O foco absoluto agora está no Canadá, que é uma grande equipe, sem a tradição das outras do grupo, mas certamente com um padrão de jogo semelhante ao de todos os grandes times do mundo”, afirmou o treinador Bernardinho. 

Além de Brasil 3 a 1 no México e Canadá 3 a 0 nos Estados Unidos, o Grupo A teve na primeira rodada a vitória da Itália por 3 a 0 sobre a França. Já o Grupo B teve a Polônia derrotando o Egito por 3 a 0, a Rússia passando por Cuba por 3 a 1 e a Argentina batendo o Irã por 3 a 0.

Equipes:


Brasil: Bruninho, Wallace, Lucão, Éder, Lucarelli, Maurício Borges e Serginho (líbero)
técnico: Bernardinho

Canadá: Sanders, Gavin Schmitt, Perrin, Hoag, Duff, Vigrass e Bann (líbero
técnico: Glenn Hoag

foto: FIVB/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário