quarta-feira, 13 de julho de 2016

Thiago Alves acerta com italianos do Vibo Valentia para a temporada 2016/2017

Depois de uma passagem pelo Sesi-SP, o ponteiro Thiago Alves atuará na Itália na temporada 2016/2017, mais precisamente no Vibo Valentia. Vice-campeã da Serie A2, a equipe ingressa na elite italiana tendo a presença de três brasileiros, já que o central Deivid (ex-Funvic/Taubaté) e o também ponteiro Kadu (ex-Montes Claros) assinaram recentemente com a equipe.

“Estou muito empolgado com essa nova oportunidade, concretizando o objetivo traçado assim que acabou a última Superliga. Tive o cuidado de analisar com calma as propostas que apareceram e tenho certeza que fiz a escolha certa. Já conheço o treinador (Waldo Kantor, argentino que comandará o time), ele sabe das minhas capacidades, e ainda atuarei ao lado de outros dois brasileiros. Estou muito motivado, se pudesse já me apresentaria hoje”, vibrou Thiago Alves.

Recém promovido para a Serie A da Liga Italiana, o Tonno Callipo Calabria Vibo Valentia renovou o elenco visando boas campanhas neste retorno à elite. Prestes a completar 30 anos, Thiago Alves se vê preparado para trabalhar forte e agarrar a chance de atuar no voleibol europeu.

“Venho me preparando intensamente nestes últimos dois meses para poder me apresentar 100% fisicamente, independentemente do clube onde fosse atuar. Dessa vez chego na Europa desde o início da temporada para atuar em um campeonato de alto nível, um dos melhores do mundo. Sabemos das dificuldades, mas vamos trabalhar muito forte para superá-las”, projetou o ponteiro gaúcho.

Esta será a segunda passagem de Thiago Alves pelo voleibol europeu. Em 2014, quando deixou extinto RJX, ele jogou por três meses no Fenerbahçe, da Turquia, e participou do título da CEV Challenge Cup. Após passar uma temporada no voleibol japonês, defendendo o Panasonic Panthers, Thiago voltou ao Brasil para jogar no Sesi-SP.

“Agradeço aos atletas, comissão técnica e dirigentes que trabalhei nessa minha segunda passagem pelo Sesi-SP. Infelizmente não foi como imaginei e sonhei, mas às vezes em nossas vidas e carreiras acontece isso mesmo. Mesmo assim pude voltar a jogar depois da lesão no Japão, e ajudar na medida do possível”, destacou Thiago Alves, que participou de 11 jogos na última Superliga.

foto: Alexandre Arruda/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário