sábado, 16 de julho de 2016

(Liga Mundial) Seleção Brasileira encara a França por vaga na decisão

Neste sábado, às 15h30min (horário de Brasília), a Seleção Brasileira entra em quadra para enfrentar a França, na Tauron Arena, em Cracóvia, na Polônia, pelas semifinais da Liga Mundial. Primeiro colocado do Grupo K, o time verde e amarelo chega embalado pelas vitórias diante da Itália (3 a 0) e Estados Unidos (3 a 2). Já os franceses, que ficaram com a segunda posição do Grupo J perderam para a Polônia (3 a 2) e venceram a Sérvia (3 a 2). A partida terá transmissão do Sportv.

As duas equipes já se enfrentaram nesta edição da Liga Mundial durante a fase classificatória e o Brasil levou a melhor: 3 sets a 1, na cidade de Nancy. Por outro lado, os franceses são os atuais campeões da Liga Mundial e mesmo com altos e baixos na competição deste ano apresentam um bom nível técnico, com destaque para o oposto Rouzier e o ponteiro Ngapeth.

“Essa é uma geração muito talentosa e a França é o time desses últimos dois anos. Para nos, é um excelente desafio. Acredito que seja um jogo sem favoritos”, declarou o técnico Bernardinho.

No Brasil, depois de modificar bastante a equipe contra os Estados Unidos, o técnico Bernardinho deve voltar com a formação considerada titular desta Liga Mundial, com as entradas de Bruninho, Wallace, Lucão e Serginho. A única dúvida seria a presença do ponteiro Lucarelli, que durante a semana sentiu dores nas costas e pode ser novamente poupado.

A Seleção Brasileira, além de se preparar para os Jogos Olímpicos, vai em busca do décimo título da Liga Mundial. A última conquista foi em 2010 em Córdoba, na Argentina e das últimas cinco edições ficou com três vice-campeonatos em 2011, 2013 e 2014. Já a França tenta o bicampeonato, tendo levado o ouro no ano passado, quando surpreendeu a todos no Rio de Janeiro.

Equipes:

Brasil: Bruninho, Wallace, Lucão, Maurício Souza, Maurício Borges, Lucarelli e Serginho (líbero)
técnico: Bernardinho

França:
Rouzier, Ngapeth, Le Roux, Lyneel, Pujol, Le Goff e Grebennikov (líbero)
técnico: Laurent Tillie

foto: FIVB/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário