quarta-feira, 13 de julho de 2016

(Liga Mundial) Com grande atuação, Brasil vence Itália na estreia da fase final

Na estreia da fase final da Liga Mundial, a Seleção Brasileira venceu a Itália por 3 sets a 0, parciais de 25/18, 25/20 e 25/19, na Tauron Arena, em Cracóvia, na Polônia. Com o resultado, o time verde e amarelo soma três pontos e joga por uma vitória contra os Estados Unidos, na próxima sexta-feira, às 15h30min (horário de Brasília) para ser o primeiro do grupo. 

A Itália abriu 2 a 0 logo no começo do jogo. Ainda melhor em quadra, o adversário abriu 4 a 1. O Brasil reagiu e, com Wallace, chegou apo empate em 4 a 4. A equipe brasileira passou a frente em 8/7 no bloqueio de Lucarelli. O time de Bernardinho abriu três em 12 a 9 e os italianos pediram tempo. No bloqueio de Borges, 15 a 12, e no ataque de Wallace, 16 a 12. Com Mauricio Borges, a seleção brasileira fez 18 a 13. No erro do adversário, o placar foi favorável ao Brasil em 20 a 14. A Itália passou a pontuar (22 a 18) e o Brasil pediu tempo. Na volta, no ace de Lucarelli, 23 a 18. No final, o time brasileiro fechou em 25 a 18.

O Brasil abriu 2 a 0 logo no começo do segundo set. A Itália deixou tudo igual em 2 a 2. A parcial seguiu equilibrada, com as equipes empatadas em 6 a 6. No ace de Bruno, a seleção brasileira fez 8 a 6. Ainda pontuando bem, o time verde e amarelo chegou a 10 a 6. A vantagem do Brasil aumentou em 13 a 8. No bloqueio de Mauricio Souza, 14 a 8. No segundo tempo técnico, 16 a 9. O time italiano buscou e diminuiu a diferença para 17 a 14. Bernardinho pediu tempo. Os italianos ainda aproximaram em 18 a 16. Com Mauricio Borges, o Brasil marcou 23 a 19 e, no bloqueio de Wallace, 24 a 19. No final, 25 a 20.

Lucarelli abriu o terceiro set com ponto de saque. Com Lucão, o time brasileiro fez 3 a 3 e, no ace de Wallace, 4 a 3. No bom saque de Borges, a equipe de Bernardinho abriu 7 a 4. Na sequência, o Brasil fez 9 a 6. Os italianos chegaram ao empate 10 a 10. Lucão colocou a seleção brasileira em vantagem (13 a 12). Depois de boa recuperação de Mauricio Borges no peixinho, o Brasil pontuou e fez 16 a 14. No erro do adversário, o time de Bernardinho chegou a 20 a 15. Mauricio Souza marcou e fez 22 a 17. No final, com Borges, vitória por 25 a 19.

“Nos preparamos desde a primeira semana em que estivemos juntos, em Saquarema, para chegar neste momento. Hoje foi um jogo, acho até que a Itália não jogou tão bem, mas nós conseguimos imprimir o nosso ritmo e depois tudo andou a nosso favor”, disse o ponteiro Maurício Borges.

“O crescimento da equipe está indo de acordo com o que está sendo trabalhado e o resultado foi dentro do esperado pela qualidade com que jogamos. A vitória por 3 a 0, sem perder nenhum ponto, é muito importante e todo o grupo esta de parabéns”, destacou o central Mauricio Souza.

Equipes:

Brasil: Bruninho, Wallace, Lucão, Maurício Souza, Lucarelli, Maurício Borges e Serginho (líbero)
entraram:
técnico: Bernardinho

Itália: Zaytsev, Vettori, Juantorena, Buti, Giannelli, Birarelli e Colaci (líbero)
entraram: Antonov, Lanza, Rossini e Piano
técnico: Gianlorenzo Blengini

foto: FIVB/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário