terça-feira, 21 de junho de 2016

Sesc-RJ começa a ganhar forma e primeiros nomes são cogitados

Ainda não existe nada oficial, mas já ocorre uma movimentação no mercado a respeito da montagem do Sesc-RJ, que pode disputar a Superliga B ou, até mesmo, a elite nacional caso a CBV anuncie a criação de um torneio seletivo aberto para todos os clubes. Especula-se que Giovane Gavio esteja a frente do projeto, porém ele só deve falar a respeito após os Jogos Olímpicos Rio/2016.

Enquanto isso, o que não faltam são nomes cogitados para formar o elenco visando a temporada 2016/2017. Estariam confirmados o levantador Everaldo e o líbero Lucianinho, que disputaram a Superliga passada pelo Minas Tênis Clube; os ponteiros Renan Purificação, ex-Montes Claros e Hugo, ex-São José Vôlei; o central Thiago Barth, que atuou no Bolívar, da Argentina na temporada passada; além do oposto Paulo Victor, que depois de boa passagem pelo Sada/Cruzeiro jogava no Civita Castellana, da Itália.

Vala lembrar que se cogitou a possibilidade do Sesc-RJ, caso tivesse vaga na Superliga 2016/2017 as contratações de Bruninho e Lucão, que na época ainda não tinha fechado com o Sesi-SP. Pelos nomes cogitados, a equipe carioca pode mesmo encarar a Superliga B com chances de título, o que deve ser mais provável, ainda mais que o projeto seria para brigar com os grandes da elite, algo que deve se concretizar na temporada 2017/2018.

foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário