quinta-feira, 23 de junho de 2016

Querendo ficar no país, Lorena teria interesse de atuar no Montes Claros

A diretoria do Montes Claros vem trabalhando para fechar o elenco antes do dia 4 de julho, quando começa a pré-temporada comandada por Marcelinho Ramos. Com 13 jogadores anunciados oficialmente, a prioridade é fechar com mais dois nomes: um central em idade juvenil e um ponteiro de força. Entretanto, a chegada de um grande reforço não seria algo impossível.

De acordo com informações do site Deveneta, do jornalista Christiano Jilvan, o oposto Lorena, que atuou na cidade na temporada 2009/2010, e disputou a última Superliga pelo São José Vôlei, teria interesse de defender o Montes Claros. O próprio jogador mostrou interesse em retornar para onde foi ídolo, porém vários fatores, como questão financeira e definição do elenco seriam empecilhos.

“Como ele já havia dito outras vezes, o Lorena assumiu mais uma vez a identidade que tem com a cidade e cogitou a possibilidade em voltar. Sugeriu algumas parcerias e eventos para gerar receita (...) Trata-se de um grande jogador, é diferenciado e sei o quanto ele é ídolo por aqui, mas diante de nossa realidade financeira, de uma política de pés no chão, propus ao Lorena que pudéssemos dar conta de trazê-lo para cá se ele aceitasse jogar a partir das rendas de bilheteria e destas outras ações que ele sugeriu”, afirmou o gestor do Montes Claros Vôlei, Andrey Souza.

Na realidade não existe uma negociação, mas pela procura ter ocorrido do próprio jogador, um acerto poderia acontecer desde que Lorena aceite os termos da diretoria de Montes Claros. Entretanto, o oposto tem mercado, principalmente no voleibol francês, e o clube mineiro não teria condições de bancar um salário como ele teria na Europa. Por outro lado, como ficariam Luan Weber e Wanderson, que chegam com aval de Marcelinho Ramos e em pé de igualdade para brigar pela vaga de titular.

foto: Tião Martins/PMSJC

Nenhum comentário:

Postar um comentário