quinta-feira, 26 de maio de 2016

Com Bruninho e Lucão, Brasil supera novamente a Eslovênia em Saquarema

Depois de duas vitórias em Montes Claros, a Seleção Brasileira voltou a enfrentar a Eslovênia na noite de quarta-feira, desta vez no Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema. Já contando com o levantador Bruninho e com o central Lucão, que não estavam nos dois primeiros jogos, o Brasil venceu 3 sets a 1, parciais de 25/19, 25/22, 28/26 e 21/25.

Nesta noite, a seleção começou o jogo com o levantador Bruninho, o oposto Wallace, os centrais Lucão e Éder, os ponteiros Murilo e Lucarelli e o líbero Serginho. Também entraram no set o oposto Evandro o levantador William. Éder abriu o jogo em jogada rápida pelo meio. Com dois pontos de saque do central, o Brasil ainda chegou a 6 a 1. A Eslovênia pediu tempo. A equipe da casa seguiu melhor e abriu boa vantagem em 9 a 3. Com Lucarelli, a seleção brasileira fez 14 a 8. A diferença no placar seguiu boa (20 a 13). E, com Lucarelli, o Brasil fechou em 25 a 19.

O segundo set começou melhor para os eslovenos, que, bem no saque, abriram 4 a 1. Os adversários seguiram bem e chegaram ao dobro de pontos em 12 a 6. Com dois pontos de saque seguidos de Lucarelli, o Brasil reduziu a desvantagem para 12/9. Com mais um, o empate: 12 a 12. A parcial seguiu equilibrada, com um ponto a favor da Eslovênia (16 a 15). O time visitante ainda chegou a 18 a 15. A seleção brasileira buscou e, no ace de Bruninho, passou a frente: 21 a 20. No final, vitória brasileira por 25 a 22.

A terceira parcial começou com uma formação diferente. Entraram em quadra os centrais Sidão e Maurício Souza, os ponteiros Maurício Borges e Lucas Lóh e o líbero Tiago Brendle. O Brasil abriu vantagem de três pontos em 8 a 5. O time de Bernardinho seguiu melhor e fez 16/12 no segundo tempo técnico. A Eslovênia reagiu e empatou em 20 a 20. Com ace de Maurício Souza, o Brasil fez 23 a 21. O adversário buscou e empatou em 24 a 23. O terceiro set foi disputado até o fim e a seleção brasileira venceu por 28 a 26.

Acordado em fazer quatro sets, as equipe, então, seguiram para mais uma parcial. Um começo equilibrado levou ao placar empatado em 4 a 4. A Eslovênia abriu vantagem em 10 a 7 e aumentou a diferença em 15 a 11. Os adversários ainda levaram o placar a 19/15 e Bernardinho pediu tempo. A seleção brasileira não conseguiu reagir e o time visitante fez 21 a 16. 25 a 21

“Sempre bom retornar ao time. Jogamos bem e deu para notar já um crescimento da equipe neste terceiro amistoso do ano. É sempre bom voltar a jogar ao lado desses grandes amigos e estar em quadra pela seleção brasileira é sempre um grande prazer”, disse o central Lucão

As seleções voltam a se enfrentar nesta quinta-feira, novamente no CDV, em Saquarema, mais uma vez em um amistoso fechado.

foto: CBV/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário