sábado, 14 de maio de 2016

Bernardinho analisa 2016 e fala sobre disputar Jogos Olímpicos no Rio

Os treinos em Saquarema seguem a todo vapor visando a Liga Mundial e os Jogos Olímpicos Rio/2016. Por se tratar de um ano olímpico, o técnico Bernardinho sabe que a exigência é maior e, por conta disso, está completamente consciente da situação que precisa controlar. Desde antes da convocação, a preocupação é constante e não apenas com os adversários.

“Esse é um ano difícil por diversos motivos, mas primeiro pelo aspecto humano. Geramos frustrações quando não convocamos quem está com essa expectativa e vamos acabar com os sonhos de outros quando tivermos de reduzir o grupo. Ao mesmo tempo, temos que ter a preocupação da melhor performance possível. Temos que ter a equipe preparada. São muitos aspectos a ser considerados”, esclareceu Bernardinho, que ainda falou sobre disputar os Jogos Olímpicos em casa.

“Ter a torcida a favor é positivo. O time tem que estar consciente que, se der o máximo, a torcida vai junto. O vôlei é um esporte que tem credibilidade, que historicamente conquista medalhas, e isso pode aumentar um pouco a pressão. Os atletas têm que estar acostumados com isso. Isso não pode tirar a concentração que um momento como esse exige”, concluiu o treinador brasileiro.

No momento, Bernardinho tem à disposição quase todos os jogadores que foram convocados, com exceção do levantador Bruninho e do central Lucão, que recentemente foram campeões na Itália. Além dos 18 convocados na primeira lista, Maurício Borges, Aracaju e Franco estão treinando em Saquarema. Nos dias 21 e 23 deste mês, a Seleção Brasileira estará em Montes Claros para dois amistosos contra a Eslovênia, no ginásio Tancredo Neves.

foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário