segunda-feira, 30 de maio de 2016

Após temporada na Romênia, líbero Alan deve seguir na Europa

Campeão Mundial em 2010 e da Liga Mundial em 2007 com a Seleção Brasileira, o líbero Alan atuou na Romênia na temporada 2015/2016. Com a camisa do C.S.Stiinta Explorari Baia Mare, o brasileiro levou a equipe até as semifinais da Divizia A1 (primeira divisão do país) e da Copa da Romênia. Com um mercado difícil no Brasil, o jogador deve permanecer na Europa.

“Aqui no Brasil está muito difícil. Mais uma vez o mercado para libero está fechado. Pegando os três times com maior investimento, já que os outros nem sabem como vão montar seus times (...) Mas meu objetivo é permanecer na Europa e tentar me aposentar por lá mesmo”, explicou o jogador que foi campeão da Superliga 2002/2003 com a Ulbra .

“Foi um grande desafio na minha carreira. Um voleibol totalmente diferente em estrutura, treinamentos, viagens e logística. Os clubes estão muito atrás do nível europeu, mas agora com novo presidente e com a ajuda da (Cristina) Pirv (ex-jogador e nomeada recentemente como embaixadora da Federação de Vôlei da Romênia)”, declarou Alan, que já atuou na Bélgica e na Rússia.

Convocado para a Seleção Brasileira pela primeira vez em 2007, Alan, junto com Mário Jr., brigava para substituir Serginho com titular de Bernardinho. Em 2011, uma lesão no punho o tira da Liga Mundial, porém em 2013 volta com tudo e conquista a medalha de prata da Liga Mundial em Mar Del Prata o ouro do Campeonato Sul-Americano, em Cabo Frio. Entretanto, acabou perdendo espaço com Bernardinho e não ganhando mais oportunidades quando atuava por Medley/Campinas e Brasil Kirin.

“O meu maior problema foi que quando estava na Rússia (jogou no Dínamo Moscou e Lokomotiv Belogorie), tive uma lesão que me atrapalhou muito na Seleção. Mas no meu caso, acho que me faltou mais oportunidades depois de minha lesão. Acho que se tivesse uma sequência de jogos, poderia estar brigando por vagas, mas muita coisa acontece na seleção que não gostaria de comentar. Por exemplo, joguei um campeonato Mundial de Clubes (pelo Al-Rayyan) e mesmo estando parado fui muito bem”, afirmou Alan, que na ocasião foi eleito o melhor da posição.

foto: Deák László Photography

Nenhum comentário:

Postar um comentário