Sem concorrência, Ary Graça fica mais oito anos no comando da FIVB

Na última quarta-feira, Ary Graça Filho foi confirmado como candidato único à presidente da Federação Internacional de Vôlei. O brasileiro, que tem o apoio das cinco confederações, ingressou como homem forte da entidade em 2012 e dois anos depois conseguiu mudar o estatuto para que os mandatos de reeleição fossem de oito e quatro anos no total.

“É uma honra ser o presidente da maior federação esportiva do mundo e é com humildade que recebo esse voto de confiança. Estou ansioso para ter a oportunidade de construir o desenvolvimento da FIVB assim como, trabalhando junto com todos, para fazer do vôlei o esporte número um em entretenimento para toda a família", declarou Ary Graça.

Nestes quatro anos de primeiro mandado, o dirigente brasileiro resolveu aumentar o número de países participantes da Liga Mundial e do Grand Prix, além de buscar alternativas para o esporte se adequar ainda mais as televisões, como reduzir o número de pontos em cada set. Além disso, resolveu se render a tecnologia, utilizando em algumas competições o ‘video check’.

foto: FIVB/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata

Com jogos ao vivo na web, Taça Prata começa nesta terça-feira em Itapetininga