sábado, 19 de março de 2016

(Superliga) Sesi-SP vence novamente Montes Claros e passa para semifinal

O Sesi-SP garantiu um lugar na semifinal da Superliga 2015/2016. A equipe da capital paulista derrotou o Montes Claros por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/13 e 25/15, no ginásio Tancredo Neves, fechando a serie melhor de três das quartas de final em 2 jogos a 0. Agora, os comandados de Marcos Pacheco esperam o vencedor do duelo entre Sada/Cruzeiro e São José dos Campos.

A partida iniciou equilibrada e contando com mais de cinco mil pessoas, o Montes Claros chegou a primeira parada técnica na frente: 8 a 7. Com boa atuação do ponteiro Douglas Sousa, os visitantes conseguiram virar o placar e fazer 14 a 16 na segunda parada obrigatória. Essa vantagem acabou crescendo na sequência do primeiro set, tanto que o Sesi-SP fez 16 a 21. Com certa tranquilidade, os comandados de Marcos Pacheco fecharam a parcial em 19 a 25.

No segundo set, o Sesi-SP entrou forte no saque e fez incríveis 2 a 8 na primeira parada técnica. Irreconhecível em quadra, o Montes Claros não tinha nenhuma força de reação, sendo que seus principais atacantes tinham dificuldades no side-out. A segunda parada técnica mostrada o placar de 6 a 16 para o time paulistano, algo que chegou a irritar parte da torcida mineira. No final, sem nenhuma dificuldade, os visitantes fecharam em 13 a 25.

O terceiro set marcou o retorno do central Sidão às quadras depois de uma cirurgia no ombro em novembro do ano passado. Logo no início, o Sesi-SP mostrou que não ia dar chance para os donos da casa se recuperarem em fizeram 4 a 8 na primeira parada técnica. A vantagem permaneceu no segundo tempo obrigatório, com o placar de 11 a 16. Os mineiros pareciam entregues em quadra e errando demais viram o adversário fazer 12 a 21 e com muita tranquilidade fecharem o duelo com 15 a 25.

“Não achei essa partida tão mais fácil. Nós estudamos muito a equipe deles e conseguimos anular as principais jogadas do Montes Claros Vôlei. A equipe está de parabéns e já temos que focar nas semifinais, independentemente do adversário”, disse o ponteiro Douglas Sousa.

“Eu acho que a placar foi um pouco abaixo do que a gente imaginava, mas a nossa equipe está de parabéns. A gente entrou e impôs um ritmo forte no jogo, o que dificultou muito a saída de bola deles e resultou no nosso três a zero”, comentou o levantador Thiaguinho.

“Começamos a partida com uma formação nova e demoramos muito para entrar no jogo. No entanto, mesmo com a derrota, só tenho que agradecer o apoio de todos os torcedores e parabenizar esse grupo, pois surpreendemos muitas equipes durante a competição”, afirmou o ponteiro Juninho.

Equipes:

Montes Claros: Rodrigo, André Nascimento, Dvoranen, Juninho, Rafael, Maicon e Kachel (líbero)
entraram: Gian, Jamelão, Índio, Renan Purificação e Kadu
técnico: Talmo Oliveira

Sesi-SP: Thiaguinho, Théo, Douglas, Murilo, Aracajú, Gustavão e Serginho (líbero)
entraram: Vinhedo, Rafael Araujo e Sidão
técnico: Marcos Pacheco

foto: Fredson Souza/MCV

Nenhum comentário:

Postar um comentário