quinta-feira, 3 de março de 2016

(Superliga) Para seguir no G-8, Lebes/Gedore/Canoas recebe Funvic/Taubaté

Nesta quinta-feira, às 20h, o Lebes/Gedore/Canoas encara a Funvic/Taubaté, no ginásio La Salle, pela 9ª rodada do returno da Superliga 2015/2016. Ocupando a 8ª posição, com 24 pontos, o time gaúcho tenta se firmar na zona de classificação para os playoffs, enquanto a equipe do Vale do Paraíba, atualmente na 2ª colocação, com 43 pontos, quer vencer para manter sua boa posição na tabela.

Com três derrotas seguidas para adversários diretos (Bento Vôlei/Minas Tênis Clube e Montes Claros) na luta por vaga nos playoffs, o Lebes/Gedore/Canoas só pensa em recuperação para não deixar o G-8. O técnico Marcelo Fronckowiak espera que o retorno para a casa após os duelos em Minas Gerais dêem novo ânimo ao time, que oscilou demais nas últimas rodadas. Contando com jogadores experientes, o objetivo é vencer os paulistas, independente do adversário ter melhor campanha.

Jogadores como o levantador Sandro e o oposto Dennis sabem da importância que tem no elenco e serão fundamentais nesta reta final de fase classificatória. Todos no Lebes/Gedore/Canoas estão confiantes na vaga, ainda mais jogando as três últimas partidas em seus domínios, porém a pressão só aumenta sem que as vitórias apareçam e por isso a cobrança é feita por cada atleta para um rendimento melhor em quadra.

Pelo lado da Funvic/Taubaté, o momento é de esquecer a disputa contra o Sada/Cruzeiro (derrota na rodada anterior e na decisão do Campeonato Sul-Americano) e focar em bons resultados para ingressar bem nos playoffs. A discussão vista por todos entre o ponteiro Lipe e o técnico Cezar Douglas já foi controlada internamente pelo clube, mas nada que deve interferir no rendimento da equipe.

Apesar de não conquistar o Sul-Americano, no ginásio Abaeté, o ponteiro Lucarelli vem em grande fase e mostra a cada dia que será fundamental para as pretensões do Brasil nos Jogos Olímpicos. Entretanto, a Funvic/Taubaté ainda não parece ter encontrado a melhor formação, onde Lipe e Japa se revezam seguidamente, além da indefinição sobre o oposto, no caso Sanchez e Leozão.

Equipes:

Lebes/Gedore/Canoas: Sandro, Dennis, Victor Hugo, Matheus, Bozko, Léo Caldeira e Jeffe (líbero)
técnico: Marcelo Fronckowiak

Funvic/Taubaté: Rapha, Sanchez, Lucarelli, Lipe, Otávio, Deivid e Felipe (líbero)
técnico: Cézar Douglas

foto: Fernando Potrick/Gama

Nenhum comentário:

Postar um comentário