quinta-feira, 10 de março de 2016

(Superliga) Montes Claros supera Minas Tênis Clube e garante 5º lugar

Pela última rodada da fase classificatória da Superliga 2015/2016, o Montes Claros derrotou o Minas Tênis Clube por 3 sets a 2, parciais de 27/29, 25/22, 21/25, 25/22 e 21/19, no ginásio Tancredo Neves. Com o resultado, o Pequi Atômico confirmou o 5º lugar, com 34 pontos, enquanto a equipe de Belo Horizonte ficou na 7ª colocação, com 30 pontos.

Como não poderia deixar de ser, o equilíbrio foi evidente desde o início da partida. Na primeira parada técnica, o Minas Tênis Clube vencia por dois pontos de diferença: 6 a 8 e com grande trabalho no saque chegou ao segundo tempo obrigatória com 11 a 16 no placar. Essa vantagem seguiu por mais um pouco: 16 a 21, quando Montes Claros resolveu reagir e encostou no placar: 22 a 23. Neste momento, as duas equipes duelaram cada ponto, até os visitantes fecharem em 27 a 29.

Diferente da parcial anterior foi o Montes Claros quem começou na frente no segundo set e fez logo 8 a 6. Com grande atuação do oposto André Nascimento, os donos da casa seguiram na dianteira na segunda parada técnica: 16 a 13 e logo colocaram boa vantagem no placar: 21 a 16. Mesmo com uma pequena reação do adversário, os comandados de Talmo de Oliveira mantiveram a ponta e fecharam por 25 a 22.

Com 1 a 1 em sets era de se esperar um terceiro set bem emocionante e foi isso que aconteceu. Na primeira parada técnica a vantagem de Montes Claros era de um ponto: 8 a 7 e isso se manteve no segundo tempo obrigatório: 16 a 15. Na retal final do período, o Minas Tênis Clube, com grande atuação do central Flávio e do oposto Escobar tomou a dianteira do placar: 19 a 21 e com certa tranquilidade fechou a parcial em 21 a 25.

A torcida presente, quase 4 mil pessoas, empurrou o Montes Claros no quarto set. Logo de cara equilíbrio e 8 a 7 na primeira parada técnica, porém na sequência, com o ponteiro Bob sendo bastante acionado, os donos da casa abriram 16 a 12. Essa vantagem permaneceu durante todo o período: 21 a 16 e no final, também com certa tranquilidade, o Pequi Atômico fechou em 25 a 22.

Com o ‘Caldeirão’ enlouquecido as duas equipes foram para o tie-break. O equilíbrio era evidente, mas ninguém esperava tanta disputa ainda mais que os dois clubes já estavam garantidos nos playoffs. Na metade da parcial, o Minas Tênis Clube estava na frente 8 a 10 e conseguiu segurar essa vantagem até próximo de fechar o jogo, porém Montes Claros igualou o placar, salvou alguns match points, e com a torcida junto fechou o duelo em 21 a 19.

Agora as duas equipes esperam pela definição das datas de horários dos jogos das quartas de final. O Montes Claros irá enfrentar o Sesi-SP, enquanto o Minas Tênis Clube pega a Funvic/Taubaté.

Equipes:

Montes Claros: Rodrigo Ribeiro, André Nascimento, Bob, Kadu, Maicon, Rafael e Kachel (líbero)
entraram: Índio, Juninho, Gian, Salsa e Jamelão
técnico: Talmo de Oliveira

Minas Tênis Clube: Everaldo, Escobar, Nicolas, Flávio, Canuto, Raidel e Lucianinho (líbero)
entraram: Carisio, Cleber, Leozão e Thiago Vanole
técnico: Nery Tambeiro

foto: Fredson Souza/MCV

Nenhum comentário:

Postar um comentário