quarta-feira, 9 de março de 2016

(Superliga) Lebes/Gedore/Canoas e Copel Telecom/Maringá jogam a vida

Quantas vezes você ouviu algum atleta falar que esse será o ‘jogo da vida’. Pois bem, no caso de Lebes/Gedore/Canoas e Copel Telecom/Maringá, que se enfrentam nesta quarta-feira, às 20h, no ginásio La Salle, pela última rodada da fase classificatória da Superliga 2015/2016, a expressão é bem realista. As duas equipes lutam contra o rebaixamento, sendo que os gaúchos, no 10º lugar, com 24 pontos, ainda tem uma pequena chance de chegar aos playoffs.

Vindo de uma sequência negativa de cinco partidas, o Lebes/Gedore/Canoas despencou na tabela de classificação e hoje tem a situação mais difícil entre os três candidatos a última vaga nos playoffs. Além de vencer o Copel Telecom/Maringá por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1, os comandados de Marcelo Fronckowiak tem que torcer por derrotas de São José dos Campos (diante da Funvic/Taubaté) e do Voleisul/Paquetá Esportes (contra o Bento Vôlei/Isabela). Para buscar novamente a vitória, a diretoria do time gaúcho resolveu não cobrar ingressos.

“Ainda temos chance de classificação e vamos lutar até o final. Temos que focar no nosso jogo. Sabemos que a classificação não depende somente do nosso time, mas precisamos fazer a nossa parte. Treinamos muito bem essa semana e vamos chegar motivados para o duelo contra o Copel Telecom/Maringá”, garantiu o líbero Jeffe.

Pelo lado do Copel Telecom/Maringá, que chegou a brigar nas últimas rodadas pelo G-8, o momento é de fazer o possível para evitar ter que disputar a seletiva para a Superliga 2016/2017. O técnico Horacio Dileo sabe que a missão é complicada, pois além de vencer por 3 sets a 0, a equipe não pode sofrer mais de 43 pontos, o que faria ter vantagem nos critérios de desempate.

“Será mais um desafio e não podemos entrar em quadra pensando na soma de pontos, porque dão o jogo não flui (...) Independente dos resultados foi uma temporada em que eu evolui, até pela responsabilidade que o Horácio (Dileo) me deu, Então pode ter certeza que vamos fortes e, enquanto tiver jogo e chance, estaremos batalhando”, declarou o ponteiro Thiago Sens, em entrevista ao jornal Diário de Maringá.

Equipes:

Lebes/Gedore/Canoas: Sandro, Dennis; Léo Caldeira, Bozko; Victor Hugo, Tarcísio e Jeffe (líbero)
técnico: Marcelo Fronckowiak

Copel Telecom/Maringá: Thiago Gelinski, Luan, Ualas, Exoce, Thiago Sens, Fukuzawa e Rogerinho (líbero)
técnico: Horacio Dileo

foto: Fernando Potrick/Gama

Nenhum comentário:

Postar um comentário