sábado, 5 de março de 2016

(Superliga) Já pensando na seletiva, Juiz de Fora recebe o Brasil Kirin

Na abertura da 10ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, o Juiz de Fora recebe o Brasil Kirin, neste sábado, às 14h45min, no ginásio da UFJF. Na lanterna, coma apenas oito pontos, o time mineiro já pensa na seletiva (torneio que definirá permanência na elite), enquanto a equipe de Campinas, hoje no 3º lugar, com 38 pontos, quer vencer para se manter firme na posição. A partida terá transmissão da Rede TV.

Sem chances de classificação para as quartas de final, o Juiz de Fora segue com o objetivo de fazer boas partidas nessas duas últimas rodadas da fase regular. Para o técnico Alessandro Fadul o pensamento está no torneio que dará a vaga para a próxima edição, além de observar alguns jogadores que possam continuar no clube para a temporada seguinte.

“Não podemos terminar jogando mal ou achar que a competição já acabou. Os jogos contra o Brasil Kirin e contra o Sada/Cruzeiro, ambos diante do nosso torcedor, servirão para que o time mantenha o nível de desempenho, para que cheguemos preparados à Seletiva. De qualquer forma, vamos pegar adversários duros, com um único objetivo: a vaga na próxima Superliga. Precisamos chegar bem”, declarou o técnico Alessandro Fadul.

No caso do Brasil Kirin, as pretensões maiores e com um ponto na frente do Sesi-SP, a intenção é segurar a 3ª posição para ter vantagem nos playoffs. Tendo vencido os quatro dos últimos cinco jogos, o time de Campinas quer entrar embalado na próxima fase e para isso conta com o bom rendimento do levantador Gonzalez, do oposto Wallace e do ponteiro Lucas Lóh, 

“Esse jogo é importantíssimo para os nossos planos que são ficar em terceiro lugar. E amanhã temos essa chance. Vamos ter que entrar em quadra bastante empenhados e sabendo que para que o nosso time se mantenha posição só depende da gente mesmo. É sempre muito difícil jogar aqui em Juiz de Fora e temos certeza que amanhã não vai ser diferente. Mas, estamos preparados”, afirmou o oposto Michael.

“É mais uma partida importante. Estamos em um bom ritmo e precisamos manter esta pegada. Temos esta possibilidade de manter o terceiro lugar e não podemos perder esta chance”, afirmou o ponteiro Lucas Lóh.

“A expectativa é a melhor possível. Deixamos o resultado contra o Sada/Cruzeiro para trás e estamos focados em buscar os três pontos. Vamos com este pensamento. É um jogo muito importante, pois nos dá chance de voltar para casa mais confortáveis na classificação e decidir terceiro lugar contra o Sesi-SP, na última rodada, diante nossa torcida", disse o técnico Alexandre Stanzioni.

Equipes:

Juiz de Fora: Maurício, Leandrão, Renato, Djalma, Igor, Diego Almeida e Fábio Paes (líbero)
técnico: Alessandro Fadul

Brasil Kirin: Gonzalez, Wallace, Vini, Maurício, Piá, Lucas Lóh e Tiago Bredle (líbero)
técnico: Alexandre Stanzioni

foto: Alexandre Arruda/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário