domingo, 6 de março de 2016

(Superliga) Com set de 42/40, Voleisul/Paquetá Esportes vence Minas TC

Pela 10ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, o Voleisul/Paquetá Esportes derrotou o Minas Tênis Clube por 3 sets a 0, parciais de 42/40, 25/23 e 25/15, no ginásio da Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo. Com o resultado, a equipe gaúcha chegou aos 25 pontos e assumiu a 9ª colocação, escapando matematicamente do rebaixamento. Já o time de Belo Horizonte, classificado pelos playoffs, caiu para o 7º lugar, com 29 pontos.

Uma verdadeira batalha marcou o primeiro set. O lotado ginásio da Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo presenciou uma parcial que chegou a 50 minutos de bola em quadra, com as duas equipes tendo chances de largar na frente. Desde o início o jogo se mostrou equilibrado: 7 a 8 para o Minas Tênis Clube na primeira parada técnica e 16 a 15 para o Voleisul/Paquetá Esportes. A partir do vigésimo quinto ponto, os visitantes iniciaram uma longa série de set points, evitados pelos donos casa. Com paciência e empurrada pela torcida, a equipe gaúcha conseguiu passar à frente, e depois de desperdiçar set points, venceu a parcial por 42 a 40.

A demonstração de garra levantou de vez a torcida que jogou junto com a equipe. O segundo set foi igualmente equilibrado, mas a Voleisul/Paquetá Esportes conseguiu manter uma liderança que variava de um para dois pontos. Na primeira parada técnica, a vantagem era de 8 a 6 e no segundo tempo técnico era de 16 a 14. Os visitantes chegaram a empatar na altura do vigésimo ponto, mas a longa disputa anterior, dessa vez, não se repetiu. Mais uma vez demonstrando maturidade, a equipe gaúcha conseguiu abrir e vencer por 25 a 23.

A derrota do Copel Maringá Vôlei para o Funvic Taubaté por 3 sets a 1 já era sabida pela comissão técnica da Voleisul/Paquetá Esportes. Com isso, uma vitória em Novo Hamburgo por 3 sets a 0 ou 3 a 1 garantia matematicamente a permanência na elite para a próxima temporada. Jogando com intensidade, a equipe da casa foi superior durante todo o terceiro set, chegando a fazer 16 a 7 na segunda parada técnica. Com destaque para o oposto Franco, o time de Novo Hamburgo fez 25 a 15.

“Era a nossa obrigação, manter esse projeto na elite. Todos trabalharam muito por isso. Temos de jogar bem, fazer a nossa parte. O que vai acontecer depois já não depende apenas da gente”, declarou o técnico Reinaldo Bacilieri.

Na 11ª rodada do returno e última da fase classificatória, o Voleisul/Paquetá Esportes encara o Bento Vôlei, na próxima quarta-feira, às 20h, no ginásio municipal de Bento Gonçalves. No mesmo dia e horário, o Minas Tênis Clube enfrenta o Montes Claros, no ginásio Tancredo Neves.

Equipes:

Voleisul/Paquetá Esportes: Rafinha, Franco, Samuel, Tiago Mão, Acácio, Robinho e Thales (líbero)
entraram: Bob, Jonatas e Jairo
técnico: Reinaldo Bacilieri

Minas Tênis Clube: Everaldo, Escobar, Petrus, Flávio, Canuto, Raidel e Lucianinho (líbero)
entraram: Nicolas, Carísio e Cleber
técnico: Nery Tambeiro

foto: Gabriel Amaral/Voleisul/Paquetá Esportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário