domingo, 6 de março de 2016

(Superliga B) No tie-break, Sesi-SP/Juvenil sai na frente diante do São Bernardo

Pelo primeiro jogo da semifinal da Superliga B, o Sesi-SP/Juvenil derrotou o São Bernardo por 3 sets a 2, parciais de 25/18, 21/25, 17/25, 25/20 e 15/07, no ginásio da Vila Leopoldina. Com 1 a 0 na serie melhor de três, o time paulistano joga por uma vitória simples no próximo sábado, às 16h, no ginásio Adib Moyses Dib, para chegar a final. Já a equipe do ABC precisará vencer para forçar um terceiro confronto.

“As alterações do primeiro para o terceiro set foram feitas com o propósito de mudar algumas peças que não vinham rendendo o mesmo que no começo da partida. Começamos pelo levantador, para mudar a visão do jogo e fugir do bloqueio adversário e depois com a entrada do Daniel e do Bertolini, que foram muito bem e ajudaram muito na vitória”, comentou o treinador Gerson Amorim, que agora trabalha para superar mais uma pressão, agora na casa do adversário.

“Nós sofremos a virada e tivemos que buscar o resultado e é exatamente isso que vamos ter que fazer lá, buscar o resultado. Eles têm um ginásio bem diferente do nosso, bem maior e isso dificulta um pouco o jogo, sem conta que ainda terá a presença da torcida deles. Vai ser um confronto bem duro, temos que nos preparar para a pressão”, completou o comandante do Sesi-SP/Juvenil.

“Infelizmente tem sido assim sempre nos jogos fora de casa. Hoje não conseguimos impor nosso ritmo de jogo. Temos que assimilar a derrota por que temos uma semana de muito trabalho (...) Não conseguimos colocar em quadra nosso ritmo de saque e nem jogar taticamente bem. Acabamos errando mais do que o Sesi”, alertou o capitão Gaúcho, do São Bernardo

foto: July Stanzioni/SM Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário