domingo, 14 de fevereiro de 2016

(Superliga) Sada/Cruzeiro derrota Minas Tênis Clube em clássico e segue líder

Em clássico da 6ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, o Sada/Cruzeiro derrotou o Minas Tênis Clube por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/23 e 26/24, na Arena JK, em Belo Horizonte. Com o resultado, a equipe de Marcelo Mendez segue na liderança, agora com 42 pontos, enquanto o time de Nery Tambeiro acabou caindo para o 6º lugar, com 25 pontos.

Com o apoio da maioria esmagadora no ginásio, o Sada/Cruzeiro começou respondendo em quadra. Impondo seu ritmo de jogo, os visitantes chegaram à frente na primeira parada, com 8 a 6. Trabalhando bem no saque e com um bom aproveitamento na virada de bola, a vantagem subiu para 16 a 13 no segundo tempo técnico. O restante da etapa foi todo da equipe de Marcelo Mendez, que pressionou no saque e no ataque, desestabilizando os donos da casa, fazendo 25 a 15.

A segunda parcial começou mais equilibrada e o Minas Tênis Clube estiveram à frente até o placar apontar 12 a 11. O líbero Serginho fez uma grande defesa que iniciou um emocionante rali, finalizado depois de uma finta de William que deixou Wallace em boas condições para empatar o jogo. Em seguida, o levantador subiu muito para bloquear o atacante anfitrião e virar a partida. Depois disso, o set só voltou a ser disputado ponto a ponto na reta final, onde se viu muita reclamação com a arbitragem. No final, no contra-ataque de Leal fechou o set em 25 a 23.

O Sada/Cruzeiro dominou o terceiro set. Começou abrindo 2 a 0 em um ace de Éder e ampliando em 5 a 2 depois de um excelente contra-ataque de Wallace, passando por cima do bloqueio. O saque seguia entrando muito bem e, quando não resultava em ace, quebrava a recepção minastenista, dando tranquilidade para o Sada/Cruzeiro se manter à frente durante toda a parcial. No final, o time anfitrião chegou a reagir e empatar em 24 a 24. Porém, novamente empurrado pela torcida como se jogasse em casa, o time celeste levou a parcial ao fazer 26 a 24.

“Acho que a partida de hoje foi muito boa para o nosso time e todos jogaram bem. O time entrou bem concentrado para o jogo. Agora já estamos às vésperas do Sul-Americano, temos que ir com esse mesmo pensamento e acho que o time está preparado para esse outro desafio”, afirmou o ponteiro Leal.

“Entramos para ganhar como sempre, independentemente de precisarmos ou não da vitória para distanciar na tabela. Sabíamos das dificuldades de jogar contra o Minas na casa deles, mas o nosso time foi bem regular. Vacilamos em alguns momentos, desperdiçando contra-ataques, mas a equipe foi bem. A nossa torcida compareceu e ajudou bastante também”, destacou o oposto Walace.

“Hoje ganhou o melhor time. O que é campeão mundial e sempre entra para disputar títulos. Nós estamos brigando para ficar na parte intermediária da tabela. O saque deles entrou durante a partida e nós erramos algumas coisas que fazem parte, por termos um time jovem. Mas foi um bom jogo, os jogadores que vieram da base entraram bem, como Carísio, Madaloz e William. Perdemos lutando e isso também é importante”, explicou o técnico Nery Tambeiro.

Agora o Sada/Cruzeiro faz uma pausa na Superliga para representar o Brasil no Sul-Americano de Clubes, que acontece a partir da próxima quarta-feira, 17, em Taubaté. Na competição nacional, a equipe só volta a jogar no dia 25 de fevereiro, às 19h30min, diante do São José dos Campos, no ginásio Tênis Clube/SJC. Já o Minas Tênis Clube encara o Lebes/Gedore/Canoas, no próximo dia 22, às 18h30min, na Arena JK, em Belo Horizonte.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Filipe e Leal, Éder e Isac e Serginho (líbero)
entraram: Alan, e Fernando Cachopa
técnico: Marcelo Mendez

Minas Tênis Clube: Everaldo, Leozão, Bruno Canuto, Raidel, Flávio, Pétrus e Lucianinho (líbero)
entraram: Willian, Eduardo e Madaloz
técnico: Nery Tambeiro

foto: Orlando Bento/Minas TC

Nenhum comentário:

Postar um comentário