terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

(Superliga) Minas Tênis Clube derrota Lebes/Gedore/Canoas e confronto direto

Na abertura da 6ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, o Minas Tênis Clube derrotou o Lebes/Gedore/Canoas por 3 sets a 1, parciais de 25/20, 25/21, 21/25 e 25/21, na Arena JK,. Com o resultado, o time de Belo Horizonte chegou aos 28 pontos e assumiu a 5ª colocação, enquanto a equipe gaúcha parou nos 24 pontos e segue na 7ª posição da tabela.

As equipes começaram trocando pontos ate o empate em 4 a 4. No ace de Tarcísio, o Lebes/Gedore/Canoas fez 5 a 4. Depois, no ponto de saque de Flávio, foi a vez do Minas assumir o comando do placar: 6 a 5. O jogo seguiu com equilíbrio. Quando o time da casa abriu dois de vantagem (14 a 12), Marcelo Fronckowiak pediu tempo. A vantagem do time mineiro ainda aumentou em 18 a 12. O Minas seguiu melhor e chegou a 21 a 16. No final, o time da casa fechou bem em 25 a 20.

O segundo set teve um início parecido com o primeiro. Com o cubano Dennis, o Lebes/Gedore/Canoas fez 5 a 4. Novamente com o jogador, o time gaúcho fez 8 a 6. Sacando bem, o Minas buscou o jogo e assumiu o comando do marcador. Chegou a abrir dois pontos (13 a 11) e o técnico gaúcho pediu tempo. Com Petrus em jogada rápida pelo meio, o Minas fez 18 a 16. No bloqueio simples de Flávio, o time da casa chegou a 21 a 18. No final, com Canuto, 25 a 21.

O Lebes/Gedore/Canoas entrou confiante para o terceiro set e logo abriu boa vantagem: 4 a 0. O time gaúcho seguiu bem e, em grande passagem de Batagim pelo saque, chegou a 9 a 3. O Minas não desistiu do jogo e buscou com Everaldo bem no saque. No bloqueio de Petrus, deixou tudo igual (10 a 10). A parcial ganhou equilíbrio no empate em 16 a 16. O time de Canoas teve um ponto de vantagem na reta final em 22 a 21. Com dois pontos seguidos de Batagim, o Lebes/Gedore/Canoas fechou em 25 a 21.

O Minas abriu 2 a 0, mas o time gaúcho virou em 4 a 3 no ace de Dennis. A equipe da casa voltou a comandar o marcador, com pequena vantagem em 8 a 7. Com dois bloqueios seguidos, os mineiros chegaram a 11 a 8 e forçaram um pedido de tempo de Fronckowiak. O Minas abriu quatro de diferença em 16 a 11. O Canoas reduziu a diferença para 17 a 15 e foi a vez de Nery Tambeiro parar o jogo. O set ficou ainda mais equilibrado em 19 a 18, mas, com Escobar, o Minas fez 21 a 18. No final, melhor para a equipe da casa, que venceu por 25 a 21.

“O Escobar é o nosso maior atacante, o jogador que faz mais pontos e temos que ter muito cuidado porque sabemos que os outros times vão sempre estar muito focados na marcação sobre ele. Temos que cuidar para ele ter equilíbrio e tranquilidade para fazer os pontos (...) Estudamos muito o time deles e vimos que, como eles tinham uma dificuldade, passamos a forçar o saque, que é um fundamento que tem muito de concentração e estudo antes do jogo”, comentou o levantador Everaldo.

No próximo sábado, às 16h, o Minas Tênis Clube recebe o Copel Telecom/Maringá, novamente na Arena JK, em Belo Horizonte. No mesmo dia, às 18h, o Lebes/Gedore/Canoas pega o Montes Claros, no ginásio Tancredo Neves.

Equipes:

Minas Tênis Clube: Everaldo, Escobar, Petrus, Flávio, Canuto, Raidel e Lucianinho (líbero)
entraram: Carísio, Léozão e Thiago Vanoli
técnico: Nery Tambeiro

Lebes/Gedore/Canoas
: Sandro, Wanderson, Victor Hugo, Tarcísio, Bozko, Dennis e Jeffer (líbero)
entraram: Evandro, Ary, Batagim e Matheus
técnico: Marcelo Fronckowiak

foto: Alexandre Arruda/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário