sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

(Superliga) Funvic/Taubaté faz 3 sets a 0 no Brasil Kirin e encosta no líder

Mesmo jogando no ginásio Taquaral, a Funvic/Taubaté não se intimidou e venceu o Brasil Kirin por 3 sets a 0, parciais de 25/23; 31/29 e 25/20, pela 5ª rodada do returno da Superliga 2015/2016. Com o resultado, o time do Vale do Paraíba chegou aos 38 pontos e encostou de vez no Sada/Cruzeiro (líder, com 39 pontos). Já a equipe de Campinas parou nos 27 pontos, mas permanece na 4ª colocação da tabela.

O equilíbrio predominou logo no início de jogo. O Brasil Kirin conseguiu complicar a vida do adversário com boas passagens pelo saque de Wallace e Olteanu e foi para a primeira parada técnica na frente (8 a 6). Os campineiros administraram bem a vantagem, foram controlando o jogo, mas os visitantes empataram após sequência de saques fortes (20 a 20). No momento decisivo da parcial, a Funvic/Taubaté anotou ace e fechou o primeiro set: 25 a 23.

No segundo set, a Funvic/Taubaté aproveitou o embalo da parcial anterior e foi para a primeira parada na frente: 3 a 8. O técnico Alexandre Stanzioni resolveu mexeu na sua equipe, colocando em quadra Piá, Ygor Ceará e Vini. Aos poucos, os donos da casa se recuperaram e a vantagem que era de cinco diminuiu para dois na segunda parada técnica (14 a 16). Os donos da casa seguiram focados e empataram após saque forte de Piá, que Ceará completou de xeque (20 a 20). Com a igualdade, o ginásio ficou de pé para ver o final da parcial. Os times se revezaram na frente do placar, protagonizaram grandes lances, especialmente no ataque, onde os visitantes conseguiram a vitória por 29 a 31.

O terceiro set começou equilibrado e com novamente o time do Vale do Paraíba na frente do placar na primeira parada técnica: 6 a 8. Usando bastante o banco de reservas, o Brasil Kirin tentava neutralizar as principais jogadas do adversário, que acabou indo para o segundo tempo obrigatório com a vantagem de 12 a 16. Com Lipe mostrando que está completamente recuperado de lesão e o cubano Sanchez soltando o braço, a Funvic/Taubaté foi administrando o placar até fechar em 20 a 25.

“Num jogo tão apertado e equilibrado como foi o de hoje algumas situações de saque fazem a diferença. Tentamos arriscar em alguns momentos, em outros tivemos que passar a bola para o outro lado. Isto acabou sendo a diferença, pois não conseguimos imprimir um ritmo intenso. Agora é hora de erguer a cabeça e dar prosseguimento no trabalho”, comentou o treinador Alexandre Stanzioni.

As duas equipes agora terão uma pausa para o Carnaval e voltam a quadra apenas no dia 13. A Funvic/Taubaté encara o Sesi-SP, às 11h30min, no ginásio da Vila Leopoldina, enquanto o Brasil Kirin pega o São José dos Campos, às 14h45min, no ginásio Taquaral.

Equipes:

Brasil Kirin:
Gonzalez, Wallace, Lucas Lóh, Olteanu, Luizinho, Maurício e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Ygor Ceará, Jotinha, Michael, Piá e Vini
técnico: Alexandre Stanzioni

Funvic/Taubaté: Raphael, Sanchez, Lucarelli, Japa, Ialisson, Otávio e Felipe (líbero)
entraram: Leozão, Pedro, Deivid e Lipe
técnico: Cezar Douglas

foto: Cinara Piccolo/Vôlei Brasil Kirin

Nenhum comentário:

Postar um comentário