domingo, 14 de fevereiro de 2016

(Superliga) Em jogo equilibrado, Funvic/Taubaté vence Sesi-SP no tie-break

Na abertura da 6ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, a Funvic/Taubaté derrotou o Sesi-SP por 3 sets a 2, parciais de 20/25, 27/25, 25/22, 25/27 e 15/11, no ginásio da Vila Leopoldina. Com o resultado, o time do Vale do Paraíba segue na vice-liderança, com 40 pontos, enquanto a equipe paulistana continua na 3ª colocação, com 34 pontos ganhos.

O ponteiro Douglas abriu o placar para o Sesi-SP com bom saque. Depois de mais um bom saque, dessa vez com Aracaju, o time da casa fez 4 a 1 e o técnico Cezar Douglas pediu tempo. A equipe do Funvic/Taubaté reagiu e deixou tudo igual em 6 a 6. No bloqueio duplo de Gustavão e Murilo, o Sesi-SP abriu dois pontos: 11 a 9. Com Douglas, a equipe da Vila Leopoldina abriu 16 a 13. Quando o Funvic/Taubaté aproximou em 18 a 16, depois de bom saque de Otávio. Marcos Pacheco pediu tempo. Ainda com Otávio bem no saque, a equipe visitante encostou 18 a 17. No bloqueio de Rafael Araújo, o Sesi-SP fechou em 25 a 20.

O segundo set começou equilibrado. O Funvic/Taubaté fez 3 a 2 e seguiu no comando do marcador em 7 a 5. No ace de Lipe, o time visitante fez 8 a 5. Na volta do tempo técnico, no bloqueio individual de Lucarelli, 9 a 5. O Funvic/Taubaté seguiu melhor e, com Lipe, chegou a 13 a 9. No erro de saque do adversário, o time do Vale do Paraíba fez 16 a 12. O Funvic/Taubaté ainda manteve os quatro de vantagem em 18 a 14. O Sesi-SP reagiu e, com Douglas, encostou no placar (18 a 17). A parcial seguiu bem disputada até o final. No bloqueio, o Funvic/Tauabé fechou em 27 a 25.

Embalado pela vitória na parcial anterior, o Funvic/Taubaté abriu 2 a 0 no início do terceiro set. O jogo ficou igual em 4 a 4 no ace de Rafael Araújo. A equipe visitante, então, voltou a pontuar e fez 8 a 6. Com dois bloqueios consecutivos de Aracaju, o Sesi-SP assumiu o comando do placar (10 a 9). Ainda com muito equilíbrio, o Funvic/Taubaté colocou um de vantagem com Lucarelli: 16 a 15. No bloqueio de Deivid, o time visitante fez 19 a 17. Depois de bom saque de Lucarelli, o placar foi para 21 a 18 e Marcos Pacheco pediu tempo. No ace de Lucarelli, 22 a 18. O Sesi-SP buscou o placar e se aproximou em 23 a 21. No final, melhor para o Funvic/Taubaté: 25 a 22.

O time de Taubaté saiu na frente no quarto set e o Sesi-SP empatou em 2 a 2. O Sesi-SP passou a frente em 6 a 5 e seguiu no comando do marcador em 10 a 7. Neste momento, o técnico Cezar Douglas pediu tempo. Os donos da casa mantiveram o bom ritmo e fizeram 12 a 9. A vantagem do Sesi-SP ainda aumentou em 16 a 12. O Funvic/Taubaté reagiu e encostou no placar: 16 a 15. E, depois de grande saque de Lucarelli, time visitante deixou tudo igual (17 a 17). Mas, o Sesi-SP voltou a abrir e, quando fez 19 a 17, Cezar Douglas pediu tempo. No bloqueio de Lipe, o Taubaté encostou em 21 a 20. Pacheco pediu tempo. O set seguiu com bastante equilíbrio (23 a 22). No bloqueio de Léozão, o Funvic/Taubaté fez 24 a 24. No final, no erro do adversário, o Sesi-SP venceu por 27 a 25.

O Sesi-SP saiu na frente no set decisivo. O Funvic/Taubaté virou e fez 2 a 1. Na sequência, a equipe visitante abriu dois de vantagem em 4 a 2 e aumentou um pouco mais a diferença em 6 a 3. Na troca de quadra, o time de Taubaté vencia por 8 a 5. O Funvic seguiu com boa vantagem e chegou a 10 a 5 já na reta final da partida. Na sequência, 13 a 7. Depois de bom saque de Aracaju, Murilo pontuou e o Sesi-SP reduziu a diferença (13 a 9). No final, 15 a 11 para os visitantes.

“O Sesi-SP tem um time fantástico e sabíamos que ia ser um jogo difícil. Eles forçaram bastante o saque e isso é complicado. Contra eles, é sempre assim, mas acho que fomos bem taticamente e, depois que conseguimos arrumar o nosso passe, ficou um pouco melhor e o jogo fluiu para o nosso lado”, disse o ponteiro Lucarelli.

“Persistimos um pouco mais e nos esforçamos para conseguir o acerto. Chegou um momento em que a parte física ficou comprometida e o número de erros aumentou. Nós fomos mais intensos no final do quarto set e isso deu um equilíbrio para conseguirmos a vitória no tie-break. Viemos preparados para um jogo difícil, assim como foi”, afirmou o técnico Cezar Douglas.

“Foi um jogo de muitos saques bons, uma partida pegada e parabenizo o Taubaté pelo resultado, por ter vindo aqui e saído com a vitória. O jogo teve muito equilíbrio entre as equipes, jogar um clássico desse nível é muito bom”, declarou o líbero Serginho.

“Nossa equipe vem fazendo bons jogos, estamos sempre brigando pela pontuação e mantemos o equilíbrio nas partidas. O que está fazendo a diferença são os detalhes, não fizemos um bom tie-break e eles levaram a melhor. Precisamos só ajustar esses detalhes finais para seguir forte”, falou o central Gustavão.

Agora, a Superliga dá uma pausa para a disputa do Campeonato Sul-Americano de Clubes, que ocorre entre os dias 17 e 21 deste mês, tendo os brasileiros Sada/Cruzeiro e o Funvic/Taubaté. Com isso, o time do Vale do Paraíba só volta a quadra pela competição nacional, no dia 25, às 20h, para encarar o Juiz de Fora, no ginásio Abaeté. Já o Sesi-SP pega o Juiz de Fora, na próxima sexta-feira, às 19h30min, no ginásio da UFJF, em partida antecipada da 9ª rodada do returno.

Equipes:

Sesi-SP: Thiaguinho, Theo, Leandro Aracaju, Gustavão, Murilo, Douglas Souza e Serginho (líbero)
entraram: Vinhedo, Rafael Araújo e Riad
técnico: Marcos Pacheco

Funvic/Taubaté: Raphael, Sanchez, Lucarelli, Lipe, Deivid, Otávio e Felipe (líbero)
entraram: Japa, Pedro, Léozão e Diego
técnico: Cezar Douglas

foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário