sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

(Superliga) Em jogo equilibrado, Sesi-SP derrota São José no tie-break

No encerramento da 5ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, o Sesi-SP derrotou o São José dos Campos por 3 sets a 2, parciais de 22/25, 28/26, 18/25, 25/23 e 17/15, no ginásio da Vila Leopoldina. Com o resultado, o time paulistano permanece na 3ª posição, agora com 33 pontos, enquanto a equipe do Vale do Paraíba continua no 8º lugar, com 20 pontos. 

A partida iniciou bastante disputada, com o São José dos Campos chegando a primeira parada técnica na frente: 7 a 8. Essa pequena vantagem seguiu até a segunda parada obrigatória: 15 a 16 e com boa atuação do oposto Alemão, os visitantes abriram 19 a 21. Na reta final, o Sesi-SP acabou errando muito e o time do Vale do Paraíba se aproveitou para fechar em 22 a 25.

Com o retorno do oposto Theo, o Sesi-SP esperava ganhar mais força no ataque, mas iniciou o segundo set atrás no placar: 6 a 8. Com uma parcial novamente disputada, o São José dos Campos continuava na frente no segundo tempo técnico: 14 a 16, com destaque para o ponteiro Diogo. Quando o período estava chegando ao seu final, os donos da casa conseguiram igualar as ações e o que se viu foi muita reclamação e tensão em quadra, sendo que Lorena acabou expulso. O time da capital aproveitou para fechar em 28 a 26.

Quem achava que os comandados de Renato Soares iriam ladeira abaixo após a derrota no set anterior se enganou. A equipe visitante manteve a mesma pegada e novamente chegou a primeira (6 a 8) e a segunda (13 a 16) paradas técnicas na frente. O levantador Rodriguinho conseguia fazer todos os seus atacantes pontuarem, o que prejudicava o trabalho do bloqueio do Sesi-SP. No final, com tranquilidade, o São José dos Campos venceu por 18 a 25.

Atrás por 2 sets a 1 o quarto set era decisivo para a continuação do Sesi-SP na partida. Com Theo, Riad e Thiago Alves entrando como titulares, os comandados do técnico Marcos Pacheco demoraram um pouco para entrosar, tanto que na primeira parada técnica o São José vencia por 4 a 8 e no segundo tempo obrigatório o placar marcava 10 a 16. Entretanto, empurrado pela torcida, o oposto Theo cresceu no jogo, assim como o central Gustavão e após algumas boas jogadas conseguiram reverter a situação para os donos da casa que venceram por 25 a 23.

No tie-break, o São José dos Campos começou melhor, colocando 4 a 5 no placar, porém o Sesi-SP, muito motivado pela atuação de Theo e pelos gritos da torcida foi para cima e virou: 10 a 8. Os visitantes reagiram e conseguiram passar novamente a frente: 10 a 12 e o final foi um dos melhores da rodada, com pontos muito disputados. Os donos da casa acabaram levando a melhor por 17 a 15 para alegria de quem foi a Vila Leopoldina.

“Essa vitória foi muito importante! Nós passamos um pouco de dificuldades no começo do jogo, mas soubemos contornar. Estávamos em um quarto set bem complicado e conseguimos reverter, isso dá muita força para a gente, foi merecido. Viemos de derrota e agora temos um jogo muito importante na sequência”, comentou o oposto Theo, que retornou após duas semanas fora de quadra.

“Foi um jogo muito equilibrado. O time de São José jogou muito bem e impôs dificuldade ao nosso grupo, mas, no momento decisivo, conseguimos sair melhor e fizemos a diferença do jogo. Fico feliz em ter sido o melhor jogador em quadra, mas essa vitória veio do nosso grupo, que soube ter paciência para sair do momento mais difícil no quarto set e de fechar o jogo”, disse o central Gustavão.

“Eu fiquei muito feliz primeiro pela equipe ter revertido uma situação que estava bem complicada para gente. O grupo teve cabeça para seguir, principalmente no quarto set, que estávamos seis pontos atrás e ter conseguido com calma e paciência diminuir os erros e não se desesperar com erros (...) Estou muito feliz de ter voltado, ainda mais a tempo de poder ajudar o Sesi-SP, que me acolheu de uma maneira muito carinhosa. Eu vou tentar aos poucos retribuir tudo isso dentro da quadra”, afirmou o central Riad.

Agora, os dois times dão uma parada para o Carnaval e voltam no dia 13. O Sesi-SP recebe a Funvic/Taubaté, às 11h30min, no ginásio da Vila Leopoldina. Já o São José dos Campos encara o Brasil Kirin, às 14h45min, no ginásio do Taquaral.

Equipes:

Sesi-SP: Thiaguinho, Rafael Araújo, Leandro Aracaju, Gustavão, Murilo, Douglas Souza e Serginho (líbero)
entraram: Theo, Vinhedo, Johan, Riad e Thiago Alves
técnico: Marcos Pacheco

São José Vôlei: Rodriguinho, Alemão, Everton, Bruno Felício, Cristian Poglajen, Diogo e Mário Jr. (líbero)
entraram: Lorena, Lucas Salim, Hugo, Bidá e Alberto
técnico: Renato Soares

foto: Raphael Amoroso/Sesi-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário