domingo, 28 de fevereiro de 2016

(Superliga) De virada, Copel Telecom/Maringá supera Minas Tênis Clube em BH

Pela 8ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, o Copel Telecom/Maringá derrotou, de virada, o Minas Tênis Clube por 3 sets a 2, parciais de 25/22, 21/25, 25/21, 29/31 e 12/15, na Arena JK. Mesmo com a vitória, o time paranaense caiu para a 11ª posição, com 19 pontos, enquanto a equipe de Belo Horizonte chegou aos 29 pontos e permanece na 6ª colocação da tabela.

A partida começou equilibrada, com o Minas Tênis Clube chegando a primeira parada técnica na frente: 8 a 7. Entretanto, a defesa do Copel Telecom/Maringá esteve muito fechada e ajudou a equipe a fazer 14 a 16 no segundo tempo obrigatório. O ataque dos donos da casa só conseguiu abrir pequena vantagem no final da parcial, com destaque para o cubano Escobar: 25 a 22. 

No segundo set, o iniciou foi bem parecido com o anterior, com o time mineiro chegando na frente na primeira parada técnica: 8 a 7. Mantendo o mesmo padrão de jogo, os comandados de Nery Tambeiro seguiram na frente na segunda parada técnica: 16 a 14, porém com algumas falhas na recepção, o Copel Telecom/Maringá aproveitou para virar o placar: 20 a 21. Os paranaenses, que tiveram no oposto Luan sua principal referencia ofensiva, acabaram fechando em 21 a 25.

No terceiro set, o Copel Telecom/Maringá foi quem começou melhor e foi para a primeira parada técnica em vantagem: 7 a 8. Entretanto, empurrado pelos torcedores e com muita raça, a equipe da casa conseguiu reagir e logo fez 16 a 13 no segundo tempo obrigatório. O técnico Nery Tambeiro chamou a atenção do time, que esteve mais atento em quadra, sendo que a entrada de Thiago Valone no lugar de Raidel fez a equipe da casa segurar a diferença e fechar a parcial em 25 a 21.

No quarto set, os visitantes mostraram que não iriam entregar o jogo e com grande atuação do ponteiro Fukuzawa abriu logo 5 a 8 na primeira parada técnica. O Minas Tênis Clube errava muito, o que fazia os paranaenses continuarem na frente do placar no segundo tempo técnico: 10 a 16. Na sequência, os donos da casa tiveram uma reação incrível e empataram o duelo em 19 a 19. No ponto a ponto, os dois clubes travaram uma disputa acirrada e emocionante, que só terminou depois de o cubado Escobar colocar a bola para fora, dando o ponto para os paranaenses: 29 a 31.

No tie-break, o Minas Tênis Clube começou melhor fazendo 5 a 4 logo no início e com a mesma vantagem na reta final da parcial: 10 a 9. Entretanto, nos momentos decisivos, a equipe da casa acabou falhando e o Copel Telecom/Maringá com mais qualidade na virada de bola e grande atuação do seu fundo de quadra, conquistou a vitória por 12 a 15.

“Faltou ser mais decisivo. Nos sets que a gente ganhou, nós começamos bem, tivemos algumas falhas, mas conseguimos nos manter. Nos outros, a gente se aproximou no placar, mas não fomos decisivos. Chegamos a abrir vantagem e deixamos eles virarem o jogo. O time deles foi competente para saber a aproveitar melhor os nossos erros. As nossas falhas foram excessivas e no final não conseguimos botar a bola no chão. Agora é preparar bem durante a próxima semana e encarar esses próximos jogos que serão importantes para a gente”, analisou o central Flávio.

Na próxima quinta-feira, às 19h30min, o Copel Telecom/Maringá encara o São José dos Campos, no ginásio Tênis Clube/SJC. No mesmo dia, às 20h, o Minas Tênis Clube enfrenta o Bento Vôlei/Isabela, no ginásio municipal de Bento Gonçalves.

Equipes:

Minas Tênis Clube: Everaldo, Escobar, Petrus, Flávio, Canuto, Raidel e Lucianinho (líbero)
entraram: Leozão, Carísio e Thiago Valone
técnico: Nery Tambeiro

Copel Telecom/Maringá:
Thiago Gelinski, Luan, Ualas, Exoce, Thiago Sens, Fukuzawa e Rogerinho (líbero)
entraram: Elder, Alemão, Deivid, Guilherme Gentil e Edinho
técnico: Horacio Dileo

foto: Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Nenhum comentário:

Postar um comentário