sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

(Superliga) Após pausa do Carnaval, Juiz de Fora encara o Montes Claros

Pela 6ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, o Juiz de Fora Vôlei recebe o Montes Claros, neste sábado, às 18h, no ginásio da UFJF. Na lanterna, com apenas sete pontos, os comandados de Alessandro Fadul buscam a vitória para tentar escapar do rebaixamento. Já o Pequi Atômico, atualmente na 6ª posição, com 24 pontos, quer vencer para se firmar cada vez mais na zona de classificação para os playoffs.

Desde 17 de janeiro sem atuar no ginásio da UFJF, o Juiz de Fora espera fazer valer o conhecimento da quadra para levar a melhor sobre o adversário. Se para muitos o Carnaval foi um momento de diversão ou descanso, para o elenco da equipe da Zona da Mata o que não faltou foi trabalho. O técnico Alessandro Fadul fez os jogadores suarem a camisa e até mesmo um amistoso contra o Flamengo foi realizado.

“Fizemos uma maratona de jogos fora e ficamos quase um mês sem jogar aqui. O torcedor de Juiz de Fora nos apóia sob quaisquer condições, na vitória e na derrota. Eles nos dão força na busca pelos nossos objetivos e fazem toda a diferença. Trabalhamos duro no feriado para deixar o nosso melhor em quadra no sábado, e vamos com tudo. Contamos com o barulho de sempre no ginásio”, declarou o técnico Alessandro Fadul, que ainda não sabe se contará com o central Ninão, que sente dores nas costas.

Antes da pausa para o Carnaval, o Montes Claros conseguiu um grande resultado, no caso a vitória sobre o Sada/Cruzeiro em pleno ginásio do Riacho, em Contagem. Querendo manter a boa fase, o técnico Marcelinho Ramos espera um time agressivo no saque e forte no ataque para vencer o Juiz de Fora, mesmo longe de casa. A boa fase dos ponteiros Bob e Kadu chama a atenção.

“Estamos na reta final do campeonato. Nosso objetivo ainda não foi alcançado, que é a vaga nos playoffs. Conseguindo esta vaga, vamos fazer uma campanha ainda melhor para trazer a vantagem de jogar em casa nas quartas de finais”, sugere o técnico Marcelinho Ramos.

“Temos vários confrontos diretos pela frente, mas vamos lutar pela classificação para tentar trazer os jogos importantes para nossa casa”, projetou o experiente Bob, hoje entre os dez maiores pontuadores da Superliga.

Equipes:

Juiz de Fora: Maurício, Leandrão Renato, Djalma, Igor, Diego Almeida e Fábio Paes (líbero)
técnico: Alessandro Fadul

Montes Claros: Rodrigo, André Nascimento, Bob, Kadu, Maicon, Rafael e Kachel (líbero)
técnico: Marcelinho Ramos

foto: JF Vôlei/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário