sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

(Sul-Americano) Sada/Cruzeiro vence Funvic/Taubaté no duelo brasileiro

Pela 2ª rodada do Campeonato Sul-Americano de Clubes, o Sada/Cruzeiro derrotou a Funvic/Taubaté por 3 sets a 1, parciais de 20/25, 25/20, 25/19 e 25/23, no ginásio Abaeté. Com isso, o time mineiro assumiu a liderança isolada do Grupo B, com seis pontos, dando um passo importante para ter vantagem nas semifinais. Já o time do Vale do Paraíba segue com três pontos.

O primeiro set foi marcado por muito equilíbrio. Com um excelente trabalho no saque e no bloqueio, a Funvic/Taubaté acabou levando a melhor e fez 25 a 20. Para a segunda etapa, Marcelo Mendez promoveu a entrada de Winters e Alan no Sada/Cruzeiro, que só conseguiu a virada na segunda parada técnica e fechou a parcial em 25 a 20.

A terceira etapa começou com um trabalho espetacular de Leal no saque. Ele marcou quatro aces consecutivos e chegou a abrir 7 a 2 para o Sada/ Cruzeiro. A boa atuação do passe celeste facilitava o funcionamento da virada de bola e os visitantes venceram por 25 a 19. No quarto set, o time da Raposa cometeu mais erros, desperdiçou muitos contra-ataques e a Funvic/Taubaté abriu cinco pontos de vantagem, em 14 a 9. Entretanto, após uma nova passagem do cubano pelo saque, a diferença caiu para um ponto: 14 a 13. No final, muito equilíbrio, com os mineiros fecharam em 25 a 23.

“Temos um time muito experiente e muito frio, capaz de lidar bem com esses momentos de adversidade. E acho que isso acontece porque sabemos da nossa capacidade de virar o jogo. Então o time está sempre tranquilo, com a cabeça boa, é difícil ver esse pessoal perder a cabeça. E hoje demos mais uma prova. Com toda essa pressão aqui, diante da torcida deles, mostramos a nossa força. Acho que tiramos uma boa lição, mas temos que focar em entrar fortes desde o início. Vamos encarar um dos times argentinos agora, e os dois são muito fortes. A vitória de hoje nos dá uma confiança a mais por ter vencido este jogo e nos faz acreditar que temos possibilidade de buscar o tricampeonato”, disse o levantador William.

“Foi um jogo muito difícil, como sempre. Foi pegado e já serviu de preparação para a fase final. Não desmerecendo nenhuma equipe, mas nosso objetivo é sábado e domingo. Foi uma boa partida para as equipes se estudarem mais um pouco e já se prepararem para a reta final do torneio”, falou o levantador Rapha.

Ainda pela 2ª rodada, no Grupo A, os argentinos do Bolivar estrearam vencendo o Peerless, do Peru, por 3 sets a 0, parciais de 25/11, 25/16 e 25/15. Já pelo Grupo B, os uruguaios do Bohemios passaram pelo San Martin, da Bolívia, por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/15 e 25/20.

O encerramento da fase classificatória acontece nesta sexta-feira, com três partidas. O Sada/Cruzeiro encara o San Martin, da Bolívia, a partir das 20h. Antes disso, às 16h, um clássico argentino entre UPCN e Bolívar fecha a classificação do Grupo A e a Funvic/Taubaté enfrenta o uruguaio Bohemios, às 18h.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Leal, Filipe, Isac, Éder e Serginho (líbero)
entraram: Winters, Alan, Fernando Cachopa, Éder Levi e Rodriguinho
técnico: Marcelo Mendez

Funvic/Taubaté: Rapha, Sanchez, Lucarelli, Japa, Otávio, Deivid e Felipe (líbero)
entraram: Leozão, Diego e Pedro
técnico: Cezar Douglas

foto: Rafinha Oliveira/Funvic Taubaté

Nenhum comentário:

Postar um comentário