sábado, 9 de janeiro de 2016

(Superliga) Sesi-SP rebebe o Lebes/Gedore/Canoas na Vila Leopoldina

Neste sábado, às 20h, o Sesi-SP recebe o Lebes/Gedore/Canoas, no ginásio da Vila Leopoldina, pela abertura do returno da Superliga 2015/2016. Ocupando a 3ª posição, com 22 pontos, o time paulistano vinha de uma sequência de cinco vitórias antes da parada para as festas de final de ano. Já a equipe gaúcha, que hoje está no 7º lugar, com 15 pontos, chega embalada pela boa vitória na 1ª fase da Copa Banco do Brasil.

Sem jogar há quase 20 dias por conta das festas de fim de ano, o técnico Marcos Pacheco enalteceu a importância de seus atletas terem um descanso. Por outro lado, o comandante do Sesi-SP admitiu que o elenco não deve voltar no mesmo ritmo que terminou 2015, pois os jogadores precisam saber administrar muito bem essa situação para manter o bom momento.

“Essa parada foi importante, porque tivemos um ano bem intenso. Quem está em São Paulo começa muito cedo a temporada, estamos em uma sequência de treinos e jogos desde junho. Então é fundamental ter uma pausa para dar uma respirada e se recuperar física e mentalmente (...) O lado ruim dessa pausa é que vínhamos em uma ótima fase e precisaremos recuperar isso nos jogos. Tivemos uma semana muito boa nos treinos, mas certamente não teremos a mesma intensidade de quando terminamos o primeiro turno. Temos que ter a cabeça boa, entender a situação e fazer o máximo para minimizar essa dificuldade”, alertou Marcos Pacheco, que projetou um confronto difícil.

“A partida é importantíssima, pois jogaremos em casa, precisamos subir na tabela e manter a boa sequência. Mas não será fácil conquistar a vitória, o Canoas é um time forte, perigoso, com bons jogadores e que cresceu bastante na competição. Temos que tomar cuidado principalmente com o Dennis e o Léo Caldeira que, ao meu ver, são as principais referências do time deles”, finalizou o técnico do Sesi-SP.

Pelo lado do Lebes/Gedore/Canoas, o técnico Marcelo Fronckowiak viu sua equipe virar uma partida complicadíssima diante do Bento Vôlei/Isabela, na última quarta-feira, pela 1ª fase da Copa Banco do Brasil. Depois de perder dois sets, o time se recuperou e venceu no tie-break. A garra apresentada é algo a se valorizar, porém o desgaste também deve ser apontado visando o confronto diante do Sesi-SP. O ponteiro Ary, que estreou com a camisa do Lebes/Gedore/Canoas no clássico gaúcho, fica à disposição e conhece bem a Vila Leopoldina.

Equipes:

Sesi-SP: Thiaguinho, Theo, Gustavão, Leandro Aracaju, Murilo, Douglas Souza e Serginho (líbero)
técnico: Marcos Pacheco

Lebes/Gedore/Canoas: Sandro, Dennis, Matheus Victor Hugo, Bozko, Leo Caldeira e Jeffe (líbero)
técnico: Marcelo Fronckowiak

foto: Sesi-SP/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário