quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

(Superliga) Por recuperação, Minas Tênis Clube e Brasil Kirin jogam em BH

Em busca da primeira vitória no returno da Superliga 2015/2016, Minas Tênis Clube e Brasil Kirin se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h, na Arena, em Belo Horizonte. A partida válida pela 3ª rodada será o encontro do 6º colocado, no caso os mineiros, que tem 20 pontos, diante do 5º lugar, o time de Campinas, que tem 21 pontos ganhos. O duelo terá transmissão do Sportv.

As derrotas para São José dos Campos e Funvic/Taubaté neste início de returno ligaram o sinal de alerta no Minas Tênis Clube. Iniciando agora uma sequência de sete partidas em casa, os comandados de Nery Tambeiro esperam ingressar no G-4 e parar de oscilar tanto na competição. Para isso, a equipe de Belo Horizonte conta com o oposto Escobar, maior pontuador da Superliga até agora, com 272 pontos acumulados, e com o ponteiro Bruno Canuto terceiro melhor nas estatísticas de passe.

“É um jogo importante para tentarmos voltar a ganhar em casa e melhorar a nossa confiança. Também precisamos melhorar no saque e nas viradas de bola, deixamos a desejar nos últimos jogos. Precisamos estar bem nos sets desde o início, para evitar ter que correr atrás do placar no fim. E tudo isso vem da concentração, temos que estar mais concentrados e confiantes, com todos se ajudando o tempo todo. Essa união será importante para tentarmos o resultado”, declarou o ponteiro Bruno Canuto, que fala em concentração total para vencer o duelo.

“Estamos treinando com força e concentrados, pois sabemos que a equipe deles joga forte o tempo todo. Não é uma equipe que erra muito, então o jogo vai ser decidido nos detalhes. Eles têm um oposto muito habilidoso e os jogadores de meio são muito rápidos. Temos que entrar concentrados e focados pra voltar a ganhar em casa e ganhar a confiança da torcida novamente”, completou o ponteiro do Minas Tênis Clube.

O vice-campeonato da Copa Brasil não era o resultado esperado por todos do Brasil Kirin, que gostariam de levantar o primeiro título do projeto. Entretanto, elenco e comissão técnica sabem que não é hora de lamentar e sim voltar o foco para a Superliga, onde a equipe precisa se recuperar. A derrota em casa para o Lebes/Gedore/Canoas é algo para ser apagado e nada melhor que vencer o tradicional Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte.

“O nosso time relaxou no jogo contra o Canoas, mas penso que são dois bons times. Contra o Voleisul/Paquetá Esportes, nós jogamos bem e contra o Sada Cruzeiro perdemos, mas tivemos uma ótima atitude. Sabíamos que o Sada é um time muito forte e qualquer coisa poderia acontecer. Na minha opinião, temos que jogar igual, com a mesma atitude e concentração porque não vai ser fácil. Queremos trazer os três pontos para casa porque isso vai ser muito positivo para nós”, disse o ponteiro Olteanu.

“A Copa do Brasil veio num momento importante da temporada, pois aumentou nossa competitividade no período no qual teremos jogos diretos pelos primeiros lugares da Superliga. Este jogo terá um caráter de mata-mata pela proximidade na tabela. Precisamos manter este espírito e manter a agressividade para buscarmos a vitória”, comentou o treinador Alexandre Stanzioni.

“Nosso desempenho dentro de quadra foi bom na Copa do Brasil, fizemos dois jogos de alto nível, mas já viramos a chave e o foco é total na liga. Estamos treinando forte, estudamos bem eles e vamos para lá com tudo para buscar a vitória. Sabemos que não será fácil, mas não podemos ter outro pensamento senão o de conseguir um bom resultado”, completou o oposto Michael.

Equipes:

Minas Tênis Clube: Everaldo, Escobar, Pétrus, Nicolas, Bruno Canuto, Raidel e Lucianinho (líbero)
técnico: Nery Tambeiro.

Brasil Kirin: Gonzalez, Wallace, Luizinho, Maurício, Olteanu, Lucas Lóh e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Alexandre Stanzioni

foto: Gabriel Inamine

Nenhum comentário:

Postar um comentário