sábado, 30 de janeiro de 2016

(Superliga) No tie-break e no detalhe, Minas Tênis Clube derrota Sesi-SP

Jogando na Arena, em Belo Horizonte, o Minas Tênis Clube derrotou o Sesi-SP por 3 sets a 2, parciais de 23/25, 20/25, 25/22, 25/21 e 17/15, pela 4ª rodada do returno da Superliga 2015/2016. Com o resultado, a equipe comandada por Nery Tambeiro chegou aos 22 pontos e assumiu a 5ª colocação, enquanto o time paulistano parou no 3º lugar, com 31 pontos ganhos. 

Contando com erro do adversário, o Minas Tênis Clube saiu na frente. No bloqueio, o time da casa fez 3 a 0. O Sesi-SP chegou ao ponto de empate em 3 a 3. O equilíbrio seguiu em 7 a 7 e as equipes seguiram trocando pontos. Com Murilo, o time paulista chegou ao empate em 9 a 9. Com o central Flávio, o Minas fez 11 a 10. O Sesi-SP virou o jogo no segundo tempo técnico (16 a 15). A equipe visitante ainda abriu maior vantagem em 19 a 16. O Minas voltou a equilibrar a parcial em 20/19 e ainda deixou tudo igual em 21 pontos. As equipes seguiram com boa disputa e, no bloqueio de Murilo, o Sesi-SP fechou em 25 a 23. 

O Sesi-SP saiu na frente no segundo set, mas, no bloqueio de Flávio, o Minas assumiu o comando do marcador: 4 a 3. Na sequência, a equipe paulista pontuou mais e abriu 8 a 5 para depois colocar o dobro de pontos em 10 a 5. O Minas Tênis Clube, então, reagiu e diminuiu a diferença no placar para 12 a 10. No bloqueio de Rafael, o time de São Paulo voltou a abrir (15 a 11). Com ponto de bloqueio de Aracaju, o Sesi-SP chegou a 19 a 15. Rafael Araújo conseguiu bom ataque e levou o time visitante a 22 a 17. Depois de bola bastante disputada, Gustavão bloqueou e o placar foi a 23 a 17. No final, vitória do Sesi-SP por 25 a 20. 

Embalado pelos dois primeiros sets, o Sesi-SP saiu na frente também no terceiro set (5 a 2). Porém, contando com erros do adversário, o Minas Tênis Clube virou o placar e fez 7 a 6. O set esteve igual em 9 a 9. No bloqueio de Flávio, o time da casa chegou a 13 a 11. O Sesi-SP encostou em 15 a 14 e Nery Tambeiro pediu tempo. O empate em 17 a 17 deu mais equilíbrio ao jogo na terceira parcial. Quando o Sesi-SP fez 18 a 17, Rafael Araújo parou o jogo para ser atendido depois de machucar o dedo. Já na reta final, o time visitante abriu dois (22 a 20) e o Minas empatou (22 a 22). Com dois bloqueios seguidos de Everaldo, a equipe da casa fez 24 a 22. E, no erro do adversário, o Minas fechou em 25 a 22. 

O Sesi-SP levou a melhor na primeira parte do quarto set. No bloqueio de Aracaju, o time visitante chegou a 8 a 5. Com Bruno Canuto, o Minas reduziu a desvantagem em 9 a 7. Quando Gustavão bloqueou e o Sesi-SP fez 11 a 7, Nery Tambeiro pediu tempo. Com o levantador Everaldo bem no bloqueio, o Minas se recuperou e tirou a diferença: 12 a 11. No bloqueio de Thiaguinho, o time paulista voltou a abrir dois (14 a 12). O set ganhou novamente equilíbrio quando o Sesi-SP teve vantagem de apenas um ponto: 18 a 17. O time da casa não desistiu e, na bola de segunda de Everaldo, virou em 20 a 19. Contando com erros do time visitante, o Minas fez 22 a 20 e Pacheco pediu tempo. Com dois bloqueios de Everaldo, 24 a 20. E no erro de saque, o Minas fechou em 25 a 21. 

O Sesi-SP saiu na frente no tie-break no erro do adversário. A vantagem seguiu boa em 4 a 1. Neste momento, Nery Tambeiro pediu tempo para conversar com os seus jogadores. No erro do Minas, o time visitante fez 6 a 3 e, no bloqueio simples de Gustavão, 7 a 3. Com Rafael Araújo, a equipe paulista chegou a 9 a 5. Com Escobar explorando o bloqueio adversário, o Minas reduziu para 11 a 8. Com Raidel, o Minas encostou em 11 a 10 e também com ele, empatou em 11 a 11. O time paulista fez 13 a 11 e a equipe mineira voltou a empatar (13 a 13). O Minas voltou a assumir o set em 16 a 15 em mais um bloqueio de Everaldo e no final, veio a vitória por 17 a 15. 

“A gente vinha de algumas derrotas, então estava sofrido, estava ruim para a gente essa situação. Estávamos precisando muito de uma vitória assim. Depois do segundo set a equipe se uniu ainda mais e deu tudo certo. Essa vitória é importante para ganharmos confiança e conquistarmos outros resultados positivos e uma boa classificação”, declarou o levantador Everaldo. 

Na próxima quinta-feira, às 19h30min, o Minas Tênis Clube recebe o Juiz de Fora, na Arena, em Belo Horizonte. No mesmo dia, às 20h, o Sesi-SP encara o São José dos Campos, no ginásio da Vila Leopoldina. 

Equipes

Minas Tênis Clube: Everaldo, Escobar, Flávio, Pétrus, Bruno Canuto, Raidel e Lucianinho (líbero)
entraram: Carísio, Madaloz e Willian
técnico: Nery Tambeiro

Sesi-SP: Thiaguinho, Rafael Araújo, Aracaju, Gustavão, Murilo e Douglas Souza e Serginho (líbero)
entraram: Vinhedo, Theo e Johan
técnico: Marcos Pacheco

foto: Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Nenhum comentário:

Postar um comentário