quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

(Superliga) Juiz de Fora derrota Copel Telecom/Maringá no Chico Neto

Na abertura da 3ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, o Juiz de Fora Vôlei derrotou o Copel Telecom/Maringá por 3 sets a 2, parciais de 24/26, 25/27, 25/18, 25/20 e 10/15, no ginásio Chico Neto. Mesmo com a vitória, o time mineiro segue na lanterna, agora com sete pontos, enquanto a equipe paranaense segue na 11ª posição, com 11 pontos ganhos.

Jogando em casa, o Copel Telecom/Maringá começou melhor e logo fez 8 a 5 na primeira parada técnica. Com o oposto Luan sendo bastante acionado, os donos da casa chegaram a segunda parada técnica na frente 16 a 14. Na reta final da parcial, os visitantes, com destaque para o ponteiro Djalma, conseguiram se manter próximos no placar: 21 a 18 e depois de muita disputa, o Juiz de Fora venceu por 24 a 26.

Embalado pelo vitória na parcial anterior, o Juiz de Fora foi para cima no segundo set e fez 7 a 8 na primeira parada técnica. O duelo era bastante equilibrado, mas os comandados de Alessandro Fadul pareciam dispostos a manter a frente no placar, chegando a 15 a 16 no segundo tempo obrigatório. No final, muitas bolas disputadas ponto a ponto e novamente, nos mineiros levaram a melhor ganhando por 25 a 27.

Precisando vencer para seguir no jogo, o Copel Telecom/Maringá foi para o tudo ou nada no terceiro set e começou melhor: 8 a 6 na primeira parada técnica. Com Ricardinho distribuindo bem as jogadas, os donos da casa conseguiram dar mais volume de jogo a partida e fizeram 16 a 11 no segundo tempo obrigatórios. Com boa vantagem no placar, o time paranaense foi administrando o resultado até fechar em 25 a 18.

Assim como na parcial anterior, os donos da casa estavam melhor em quadra e mesmo com Juiz de Fora tentando uma reação, não deixaram o adversário dominar o confronto. Na primeira parada técnica a vantagem era de apenas um ponto (8 a 7), enquanto no segundo tempo obrigatório a diferença era de três (16 a 13). Na reta final, Luan, Thiago Salsa e Fukozawa resolveram no ataque e o Copel Telecom/Maringá venceu por 25 a 20.

No tie-break quem esperava ver o time paranaense dominar as ações viu outro jogo. O Juiz de Fora soltou o braço no saque e fazendo valer os contra-ataques fez 3 a 5 e logo conseguiu abrir uma vantagem interessante de cinco pontos: 5 a 10. Essa diferença foi se mantendo no placar até a definição do duelo com vitória dos visitantes por 10 a 15.

"Não só nos sets que perdemos, mas durante toda a partida de hoje, fomos abaixo do potencial e da qualidade que vínhamos fazendo e treinando durante a semana. Independentemente disso, vamos continuar lutando e entrar com outra postura no próximo jogo", declarou o ponteiro Thiago Sens.

No próximo sábado, às 18h, o Juiz de Fora Vôlei encara o Lebes/Gedore/Canoas, no ginásio La Salle. No mesmo dia, às 12h, o Cope Telecom/Maringá pega o Sada/Cruzeiro, no ginásio Chico Neto.

Equipes:

Copel Telecom/Maringá: Ricardinho, Luan, Ualas, Exoce, Thiago Sens, Deivid e Rogerinho (líbero)
entraram: Thiago Gelinski, Guilherme Gentil, Edinho, Aureliano, Elder e Fukozawa
técnico: Horacio Dileo

Juiz de Fora Vôlei: Maurício, Leandrão, Diego Almeida, Ninão, Renato Hermely, Djalma e Fabio Paes (libero)
entraram: Zoio, Tarik, Thiago Maciel, Felipe Hernandez e Tatinho
técnico: Alessandro Fadul

foto: João Paulo Santos/Maringá Vôlei/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário