domingo, 10 de janeiro de 2016

(Superliga) Sesi-SP leva sufoco, mas vence Lebes/Gedore/Canoas no tie-break

Jogando no ginásio da Vila Leopoldina, o Sesi-SP passou sufoco, mas venceu o Lebes/Gedore/Canoas por 3 sets a 2, parciais de 26/24, 20/25, 27/29, 25/18 e 15/12, na abertura do returno da Superliga 2015/2016. Com o resultado, a equipe paulistana chegou aos 24 pontos e permanece na 3ª posição, enquanto o time gaúcho parou no 7º lugar, com 16 pontos.

A partida iniciou bastante equilibrada e com o Lebes/Gedore/Canoas mostrando que iria dar trabalhado. A equipe gaúcha, com destaque para Dennis, chegou a primeira e a segunda paradas técnicas na frente: 6 a 8 e 12 a 16. Na reta final do primeiro set, o oposto Theo foi fundamental para ajudar o Sesi-SP a passar na frente do placar no momento exato e vencer por 26 a 24.

Embalado pela vitória na parcial anterior, o Sesi-SP voltou mais ligado no segundo set e fez 8 a 5. Os visitantes não se intimidaram e impondo um bom ritmo de jogo conseguiram a virada no placar e fizeram 12 a 16 na segunda parada técnica. Diferente do que ocorreu antes, os comandados de Marcelo Fronckowiak seguraram bem o adversário e venceram com tranquilidade por 20 a 25.

Com 1 a 1 em sets era de se esperar uma terceira parcial equilibrada e foi justamente isso que as equipes entregaram a quem esteve na Vila Leopoldina. O Sesi-SP iniciou melhor e conseguindo uma pequena vantagem abriu 8 a 6 e logo 16 a 14. Com uma vantagem de três pontos na reta final do set, os paulistanos iam administrando o placar: 21 a 18, porém o Lebes/Gedore/Canoas teve uma reação impressionante e após muito duelo, venceu por 27 a 29.

Em situação difícil na partida, o Sesi-SP foi para o tudo ou nada no quarto set e soltando o braço no saque e no ataque colocou 8 a 5 na primeira parada técnica. Com o Lebes/Gedore/Canoas errando muito, principalmente no passe, os donos da casa foram aproveitando e abrindo vantagem: 16 a 11. Com Thiago Alves em quadra, o time paulista tinha segurança no passe e foi administrando o placar até fazer 25 a 18.

No tie-break, o Sesi-SP entrou com tudo e fez 5 a 1 sem deixar os visitantes respirarem. O Lebes/Gedore/Canoas conseguiu reagir e encostou em 10 a 9 após boas chamadas de Marcelo Fronckowiak e bom desempenho do central Victor Hugo. Entratanto, o oposto Theo e a distribuição de Thiaguinho fizeram a diferença para os donos da casa fecharem em 15 a 12.

No próximo sábado, às 21h30min, o Sesi-SP recebe o Copel Telecom/Maringá, no ginásio da Vila Leopoldina. No mesmo dia, às 18h, o Lebes/Gedore/Canoas encara o Brasil Kirin, no ginásio Taquaral.

Equipes:

Sesi-SP: Thiaguinho, Theo, Gustavão, Leandro Aracaju, Murilo, Douglas Souza e Serginho (líbero)
entraram: Vinhedo, Rafa Araujo e Johan
técnico: Marcos Pacheco

Lebes/Gedore/Canoas: Sandro, Dennis, Tarcísio, Victor Hugo, Bozko, Leo Caldeira e Jeffe (líbero)
entraram: Matheus, Batagim, Evandro, Wanderson e Ary
técnico: Marcelo Fronckowiak

foto: Fernando Potrick

Nenhum comentário:

Postar um comentário