sábado, 30 de janeiro de 2016

(Superliga) Em confronto pelo G-4, Montes Claros recebe o Brasil Kirin

Pela 4ª rodada do returno da Superliga, o Montes Claros recebe o Brasil Kirin, neste sábado, às 18h, no ginásio Tancredo Neves. Na 5ª colocação, com 21 pontos, o time mineiro quer a vitória para voltar ao G-4, enquanto a equipe de Campinas, hoje na 4ª posição, com 24 pontos, quer vencer para permanecer entre os quatro melhores da classificação.

No Montes Claros, que vem de derrota em casa para o Sesi-SP, a partida é considerada fundamental para querer algo mais nesta fase classificatória. Uma vitória deixa a equipe na briga pela 4ª posição, que daria vantagem na fase seguinte dos playoffs, porém uma derrota coloca o time no ‘bolo’ de clubes que estão lutando por posições e, até mesmo, classificação no G-8.

A boa volta de André Nascimento diante do Sesi-SP é algo que faz o técnico Marcelinho Ramos ter tranqüilidade no ataque, algo que vinha funcionando muito bem na equipe. O jovem Renan Purificação mostrou qualidade na partida anterior, mas o comandante do Pequi Atômico deve manter Kadu como titular, dando assim confiança ao atleta que vem caindo de produção nas últimas partidas.

No Brasil Kirin, a vitória imponente contra o Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, deram novo ânimo ao time de Alexandre Stanzioni. A derrota na decisão da Copa Brasil, no Taquaral, para o Sada/Cruzeiro, foi doida, mas já faz parte do passado e o momento é de pensar na Superliga e na busca por mais três pontos.

“Esperamos mais um jogo difícil. Esta vitória contra o Minas nos deu um pequeno alívio na classificação, mas não podemos relaxar. Conquistando mais um bom resultado entraremos fortes para brigar pelo bolo de cima. Sabemos disto, é uma final. Por isto, não podemos pensar em outro resultado senão a vitória (..) Será um jogo tão difícil quanto foi contra o Minas. Esperamos até um nível maior de exigência. Por isto, a grande dificuldade é manter o equilíbrio físico e mental, pois existe o desgaste de fazer partidas em sequência”, comentou o treinador Alexandre Stanzioni.

“Retomamos a alegria de jogar. Acho que faltava isso para nós reencontrarmos em quadra. Esperamos manter este ânimo para mais este jogo complicado”, declarou o oposto Wallace.

Equipes:

Montes Claros: Rodrigo Ribeiro, André Nascimento, Salsa, Rafael, Bob, Kadu e Kachel (líbero)
técnico: Marcelinho Ramos

Brasil Kirin: Gonzalez, Wallace, Lucas Lóh, Olteanu, Luiz Sene, Maurício e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Alexandre Stanzioni

foto: Letícia Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário