domingo, 17 de janeiro de 2016

(Superliga) De virada, Sesi-SP supera Copel Telecom/Maringá

Encerrando (duas partidas foram adiadas pela chuva em Minas Gerais) a 2ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, o Sesi-SP venceu o Copel Telecom/Maringá por 3 sets a 1, parciais de 24/26, 25/22, 27/25 e 25/21, no ginásio da Vila Leopoldina. Com o resultado, o time paulistano chegou aos 27 pontos e assumiu a vice-liderança, enquanto a equipe paranaense segue no 11º lugar, com 10 pontos ganhos.

O Copel Telecom/Maringá abriu o placar do jogo no erro do adversário. O mesmo aconteceu com o Sesi-SP. Com Thiago Sens pontuando bem, o time visitante abriu 5 a 2 e Marcos Pacheco pediu tempo. A equipe paranaense seguiu bem e fez 8 a 4. Na largadinha de Sens, o Maringá chegou a 16 a 12. Em um grande ataque de Luan, o Copel Telecom Maringá chegou a 19 a 13. O Sesi-SP colocou Johan no saque e, após duas boas ações neste fundamento, o time da casa reduziu a diferença para 19 a 16. Com três bloqueios seguidos, o Sesi-SP encostou em 21 a 20. Neste momento, Dileo pediu tempo. O Maringá voltou a pontuar e o Sesi-SP deixou tudo igual em 24 a 24. No bloqueio de Gelinski, o Copel Telecom/Maringá fechou em 26 a 24.

O segundo set também começou melhor para o time paranaense, que, no bloqueio de Ualas, fez 4 a 2. O Sesi-SP assumiu o comando do placar em 6 a 5. No bom saque de Ualas, o Copel Telecom/Maringá reassumiu o jogo em 8 a 7. No ataque de Alan, oposto reserva, o time da casa fez 12 a 11. Com dois bloqueios seguidos, o Sesi-SP chegou a 14 a 11. Com Thiago Alves explorando o bloqueio, a equipe paulista fez 16 a 13. A vantagem do Sesi-SP passou a ser de seis pontos: 19 a 13. No bloqueio de Thiago Sens, o Maringá reduziu a diferença no placar (22 a 18) e Pacheco pediu tempo. O time visitante seguiu pontuando e pressionou o Sesi-SP, que pediu mais um tempo quando o placar apontou 24 a 22 a seu favor. Na volta, no erro de saque do adversário, o Sesi-SP fechou em 25 a 22.

No ponto de Thiago Alves, o Sesi-SP colocou dois de vantagem no início do terceiro set: 5 a 3. Com Luan explorando o bloqueio adversário, o Copel Telecom Maringá Vôlei deixou tudo igual (5 a 5). Dois bloqueios seguidos de Murilo colocaram o Sesi-SP em vantagem (10 a 7). O set ganhou novamente equilíbrio no empate em 13 a 13. No bloqueio de Aureliano, o Maringá fez 14 a 13. Com ponto de bloqueio, o Sesi-SP chegou ao empate (16 a 16). No ponto de saque de Rafael Araújo, o time da casa fez 19 a 17, mas, no bloqueio de Aureliano, o Maringá assumiu o comando do placar (20 a 19). Os visitantes ainda chegaram a 22 a 20, mas, depois de grande defesa de Murilo, Thiago Alves pontuou e o Sesi-SP empatou (22 a 22). Com Murilo no final, o Sesi-SP fechou em 27 a 25.

Em grande passagem do central Aracaju pelo saque, o time da casa abriu 3 a 0. O Sei-SP seguiu no comando do placar (7 a 4). A equipe dirigida pelo técnico marcos Pacheco abriu cinco em 10 a 5, mas, com Aureliano bem no bloqueio, o Copel Telecom/Maringá reduziu a desvantagem para 10 a 8. O set ganhou ainda mais equilíbrio em 12 a 11. Na combinação de Thiaguinho com Aracaju, o Sesi-SP pontuou e chegou a 16 a 14. Novamente com o central Aracaju, o time da Vila Leopoldina colocou quatro de vantagem: 18 a 14. Bem no bloqueio, o Copel Telecom/Maringá deixou tudo igual em 18 a 18. O Sesi-SP voltou a pontuar e fez 22 a 20. No final, o time da casa fechou em 25 a 21.

“O Pacheco teve que mexer bastante no time. O grupo sentiu a ausência do Theo, que vinha sendo nosso maior pontuador. Estamos tendo que nos adaptar a isso, mas foi bom para o grupo fortalecer. Precisamos vencer, tentar brigar por uma boa classificação e hoje mostramos que todos são importantes e, assim, vamos construindo um grupo forte”, analisou o ponteiro Murilo.

O Sesi-SP volta a jogar pela Superliga no dia 28 de janeiro, às 20h, contra o Montes Claros, no ginásio Tancredo Neves, mas, antes, entrará em quadra pela semifinal Copa Brasil na próxima quinta-feira, às 21h, no duelo contra o Sada/Cruzeiro, no ginásio do Taquaral, em Campinas. Já o Copel Telecom/Maringá pega no dia 28, às 19h30min, o Juiz de Fora, no ginásio Chico Neto.

Equipes:

Sesi-SP: Thiaguinho, Rafael Araújo, Gustavão, Aracaju, Murilo, Douglas e Serginho (líbero)
entraram: Johan, Vinhedo, Alan e Thiago Alves
técnico: Marcos Pacheco

Copel Telecom/Maringá: Gelinski, Luan, Ualas, Exoce, Thiago Sens, Deivid e Rogerinho (líbero)
entraram: Guilherme Gentil, Élder, Edinho, Fukuzawa e Aureliano
técnico: Horacio Dileo

foto: Amanda Demétrio/Divulgação Sesi-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário