domingo, 31 de janeiro de 2016

(Superliga) De virada, Brasil Kirin derrota Montes Claros e segue no G-4

Pela 4ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, o Brasil Kirin venceu o Montes Claros, de virada, por 3 sets a 1, parciais de 25/19, 21/25; 21/25 e 16/25, no ginásio Tancredo Neves. Com o resultado, o time do Campinas segue na 4ª colocação, com 27 pontos, enquanto a equipe mineira parou nos 21 pontos e aparece no 6º lugar da tabela

O Montes Claros iniciou melhor a partida chegando a primeira parada técnica na frente: 8 a 7. Aproveitando os erros da equipe de Campinas, os donos da casa foram abrindo vantagem, tanto que fizeram 16 a 13 no segundo tempo obrigatório. Com destaque para a boa distribuição do levantador Rodrigo Ribeiro, os mineiros fecharam o primeiro set em 25 a 19.

O Brasil Kirin voltou com outra postura no segundo set. Bem mais concentrado, a equipe paulista diminuiu o número de erros e manteve o equilíbrio no placar durante toda parcial, porém Montes Claros estavam sempre a frente: 16 a 14. As equipes foram trocando pontos, mas os visitantes cresceram no momento decisivo. Quando o placar apontava 21 a 19 para os mineiros veio a virada. Com dois bloqueios e um ponto de Tiago Brendle, após grande defesa, os paulistas assumiram a liderança (21 a 22) e não tiveram trabalho para igual depois de levar o set por 21 a 25.

O grande nome do terceiro set foi o central Vini, que veio do banco de reservas. Em sua primeira passagem no saque, o camisa 11 fez estrago na linha de passe do rival e colocou o time campineiro na frente (9 a 7). Os mineiros conseguiram se manter no jogo e até passaram na frente na segunda parcial: 16 a 14. A vantagem de dois pontos persistiu, entretanto, o bloqueio do Vôlei Brasil Kirin fez a diferença. Foram três seguidos, com Maurício Souza, Bogdan e Piá, e os visitantes voltaram a ficar na frente (20 a 19). Em excelente passagem de Maurício pelo saque, os campineiros aproveitaram os contra-ataques, fecharam o terceiro set em 25 a 21 e viraram o placar. 

Com Vini e Ygor Ceará, que foram muito bem na parcial anterior, como titulares, o Brasil Kirin não deu chances ao adversário no quarto set. Logo no começo o camisa 11 mostrou sua qualidade no saque e, novamente, abriu caminho para deixar o time campineiro na frente (3 a 8). Com o momento totalmente favorável, os visitantes aproveitaram a queda de rendimento do time mineiro e foram aumentando a vantagem em contra-ataques e no bloqueio (11 a 16). No final, o time de Campinas administrou a vantagem e fechou o duelo em 16 a 25.

“Entramos em quadra sabendo da qualidade do adversário e que teríamos dificuldade durante a partida. Não foi diferente. Tivemos um primeiro set abaixo, errando muito, mas nos recuperamos. Trocamos algumas peças quando foi necessário e saímos muito felizes com o desempenho. Foi uma vitória muito difícil que mostra toda força do nosso elenco”, comentou o técnico Alexandre Stanzioni. 

Na próxima quinta-feira, às 20h, o Brasil Kirin recebe a Funvic/Taubaté, no ginásio do Taquaral. No mesmo dia e horário, o Montes Claros encara o Sada/Cruzeiro, no ginásio do Riacho, em Contagem.

Equipes:

Montes Claros: Rodrigo Ribeiro, André Nascimento, Salsa, Rafael, Bob, Kadu e Kachel (líbero)
entraram:Índio, Juninho, Maicon, Celice Jamelão
técnico: Marcelinho Ramos

Brasil Kirin: Gonzalez, Wallace, Lucas Lóh, Olteanu, Luizinho, Maurício e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Michael, Jotinha, Vini, Ygor Ceará e Piá
técnico: Alexandre Stanzioni

foto: Fredson Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário