sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

(Superliga) Brasil Kirin volta a quadra para encarar o Lebes/Gedore/Canoas

Neste sábado, às 18h, o Brasil Kirin recebe o Lebes/Gedore/Canoas, no ginásio Taquaral, pela 2ª rodada do returno da Superliga 2015/2016. Sem entrar em quadra desde o dia 22 de dezembro, a equipe de Campinas busca retomar o ritmo de jogo e melhor na tabela, onde hoje aparece no 5º lugar, com 20 pontos. Já a equipe gaúcha está na 7ª posição, com 16 pontos, e pretende se firmar no G-8.

Com o adiamento da partida contra o Copel Telecom/Maringá (anteriormente marcada para o dia 9 de janeiro), o Brasil Kirin acabou ficando um longo período sem fazer nenhuma partida oficial. Os comandados do técnico Alexandre Stanzioni ganharam folga no Natal, treinaram antes do Ano Novo e voltaram aos trabalhos no dia 5 e desde lá só se preparam para encarar os gaúchos.

“O fato de perdermos um pouco o ritmo de jogo nesta parada tem um peso, mas não devemos levar em consideração. Vamos iniciar o segundo turno da Superliga e não podemos pensar em outra coisa senão jogar bem e conseguir a vitória. Chegamos num momento da temporada que é pé embaixo e foco total”, comentou o técnico Alexandre Stanzioni.

“Depois dessa parada, começamos tudo de novo, mas entramos mais fortes. Treinamos firme e sabemos o que temos que fazer para cumprir nossos objetivos. Agora é brigar jogo a jogo para nos mantermos entre os líderes (...) Conseguimos recuperar alguns jogadores que vinham sentindo a sobrecarga e corrigir alguns pontos do nosso jogo que não estavam funcionando durante estes dias de treinamento. Por isto, entramos com a melhor expectativa possível para enfrentar o Canoas, principalmente, por estarmos ao lado da nossa torcida”, comentou o levantador Jotinha.

No Lebes/Gedore/Canoas, a boa partida realizada diante do Sesi-SP, em pleno ginásio da Vila Leopoldina, poderia significar um divisor de águas para a equipe gaúcha, porém a derrota acachapante para o Sada/Cruzeiro, na 2ª fase da Copa do Brasil, foi um balde de água fria. Para completar, o técnico Marcelo Fronckowiak foi advertido no STJD e segue fora do banco de reservas.

Dentro de quadra, os gaúchos podem comemorar o bom rendimento do ponteiro Ary, que está recuperado de lesão e entrou bem nas últimas partidas. Além dele, os centrais Victor Hugo, Matheus e Tarcisio fazem um rodízio bem interessante e mostram que a equipe está bem servida nessa posição. No momento, a comissão técnica do Lebes/Gedore/Canoas tenta conseguir uma regularidade no time.

Equipes:

Brasil Kirin: Gonzalez, Wallace, Vini, Luizinho, Piá, Lucas Lóh e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Alexandre Stanzioni

Lebes/Gedore/Canoas
: Leo Caldeira, Victor Hugo, Sandro, Tarcisio, Dennis, Bozko e Jeffe (líbero)
técnico: Alegrete

foto: Brasil Kirin/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário