domingo, 17 de janeiro de 2016

(Superliga) Bento Vôlei/Isabela vence Juiz de Fora e retorna ao G-8

Pela 2ª rodada do returno da Superliga 2015/2016, o Bento Vôlei/Isabela venceu o Juiz de Fora por 3 sets a 1, parciais de 25/20. 20/25, 25/19, 25/18, no ginásio da UFJF. Com o resultado, a equipe gaúcha chegou aos 17 pontos e ocupa agora a 8ª colocação, enquanto o time mineiro parou nos cinco pontos e permanece na lanterna da competição.

O Bento Vôlei/Isabela começou com um ritmo mais forte, aproveitando bem as oportunidades de ataque, chegando ao primeiro tempo técnico com 4 a 8. A defesa bem postada ajudou os visitantes a manter um volume de jogo muito grande. Aproveitando os contra-ataques, o time da Serra Gaúcha abriu 13 a 21. O Juiz de Fora esboçou uma reação, diminuindo a diferença para quatro pontos, mas o time comandado por Paulão fechou em 20 a 25.

O segundo set começou com os mineiros forçando o jogo e fazendo 8 a 5 na primeira parada técnica. Com boas viradas de bola, o Juiz de Fora conseguiu estabelecer uma boa vantagem e fazer 16 a 11 no segundo tempo obrigatório. Da mesma forma como na etapa anterior, dessa vez do lado gaúcho, houve um início de reação. Porém, a equipe da casa fechou a parcial por 25 a 20.

Com o jogo empatado, a equipe do Bento Vôlei/Isabela repetiu a boa exibição do set inicial, aproveitando novamente os contra-ataques: 3 a 8. Bem na recepção, o levantador Marlon conseguiu distribuir melhor o jogo, usando também as bolas de meio: 13 a 21. No final, com destaque para o ponteiro Bruno Temponi, os visitantes não deram chances para o Juiz de Fora e fecharam em 19 a 25.

Os dois aces nos oito primeiros pontos deram ao Bento Vôlei/Isabela uma vantagem já no início do quarto set: 6 a 8. A distância entre as duas equipes se alargou com o decorrer da etapa, graças ao ótimo volume de jogo da equipe gaúcha, que fez 10 a 16 no segundo tempo técnico. Os comandados de Paulão não desperdiçaram a oportunidade e fecharam o duelo em 18 a 25.

“A gente tinha a obrigação de fazer os três pontos e a gente conseguiu. Teve um set em que as coisas desandaram um pouco, mas tivemos a cabeça no lugar, pra voltar o sistema tático e técnico e voltamos a fazer o jogo que fizemos no primeiro set. É um campeonato muito apertado, então cada ponto que a gente consegue fazer a mais que os adversários é sempre muito importante”, avaliou o ponteiro Bruno Temponi, eleito o melhor em quadra.

“Já esperávamos um grande volume de jogo de Bento, mas não conseguimos manter uma regularidade no saque, o que facilitou para eles. Agradecemos ao torcedor, que encheu o ginásio e nos incentivou. Agora vamos para três batalhas longe deles, fora de casa. Temos cerca de dez dias para trabalhar até o próximo jogo. É levantar a cabeça e treinar com foco em uma boa atuação e em um bom resultado”. Declarou o técnico Alessandro Fadul. 

“Não começamos bem, mas melhoramos e nos recuperamos no segundo set - sacando, atacando e defendendo bem. Infelizmente, deixamos o time deles abrir vantagens grandes nas parciais seguintes, e acabamos não conseguindo buscar. Não repetimos hoje o desempenho dos últimos jogos, em que vínhamos bem. Vamos nos dedicar ainda mais nos treinamentos para retomar a nossa melhor forma em quadra”, disse o levantador Maurício.

As duas equipes só voltam as quadras no dia 28 de janeiro. O Bento Vôlei/Isabela recebe, às 20h, a Funvic/Taubaté, no ginásio municipal de Bento Gonçalves, enquanto o Juiz de Fora encara, às 19h30min, o Copel Telecom/Maringá, no ginásio Chico Neto.

Equipes:

Juiz de Fora Vôlei: Maurício, Leandrão, Diego Almeida, Ninão, Renato Hermely, Djalma e Fabio Paes (libero)
entraram: Thiago Maciel, Felipe Hernandez, Zóio, Igor e Tatinho
técnico: Alessandro Fadul

Bento Vôlei/Isabela: Marlon, Rivaldo, Zé Ricardo, Ocampo, Giovanni, Reffatti e Daniel (líbero)
entraram: Bergamo, Pedro, Rivoli e Renato
técnico: Paulão

foto: Acesso Comunicação Jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário