sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

(Superliga B) Santo André e Apan/Blumenau abrem a competição neste sábado

Começa neste sábado, às 16h, a Superliga B com o duelo entre Super Vôlei/Santo André e Apan/Barão/Blumenau, no ginásio Pedro Dellantonia. Esse será um confronto de duas equipes tradicionais no cenário nacional e com dois treinadores bem conhecidos, casos de Marcelo Madeira, pelo time do ABC paulista, e André Donegá, pelo clube catarinense.

O Super Vôlei/Santo André ingressa na competição com a base da equipe que foi 6ª colocada no Campeonato Paulista - Divisão Especial. Os destaques ficam por conta dos centrais Silêncio e Wennder, além dos ponteiros Marcelo Hister e Fábio Marques. O técnico Marcelo Madeira ainda aposta no oposto Lucas Thomaz, que mostrou bom rendimento no Estadual.

“Nosso primeiro objetivo é classificarmos entre os quatro primeiros para a fase de quartas de final, uma vez que nos dará a vantagem de jogar em casa com uma melhor classificação na tabela. A equipe é bastante jovem, mas mantivemos a base do Campeonato Paulista. Sabemos de nosso potencial. Queremos passar à semifinal para, evidentemente, disputarmos o título da temporada. O desafio é grande, mas estamos confiantes”, declarou Marcelo Madeira.

“Estamos treinando desde o começo de junho e fizemos bons jogos no Campeonato Paulista, o que pode ser uma vantagem contra as equipes sendo montadas agora Nosso time virá forte. Não esperamos jogos fáceis, pois o voleibol hoje em dia está muito equilibrado”, disse o central Silêncio.

Pelo lado da Apan/Barão/Cremer/Blumenau, o técnico André tem poucas novidades em relação a equipe que levantou o título do Campeonato Catarinense. Enquanto seis jogadores chegaram da base, o único reforço é o ponteiro Ricardo Schuroff, que estava na Aprov/Unoesc/Chapecó e já passou por Blumenau em temporadas passadas. 

“Temos uma equipe este ano mais competitiva, um pouco mais experiente do que do ano passado, mas também teremos uma competição mais equilibrada e mais forte do que do ano passado”, declarou o técnico André Donegá.

“Sabemos que é uma competição difícil, com 13 equipes e uma vaga só, mas estamos trabalhando justamente para isso”, disse o levantador China.

foto: Santo André/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário