quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

(Superliga B) Monte Cristo vence Sada/Unifemm no tie-break

Em partida bastante disputada, válida pela 2ª rodada da Superliga B, o Monte Cristo venceu o Sada/Unifemm por 3 sets a 2, parciais de 28/26, 27/29, 23/25, 25/13 e 12/15, em Sete Lagoas. Com o resultado, o time goiano estreia com dois pontos, enquanto os atuais campeões somam um ponto nesse inicio de competição.

O Monte Cristo começou melhor e chegou a abrir 1 a 4 no primeiro set. Mas os garotos cruzeirenses souberam reagir e, na excelente passagem de Bruno pelo saque, viraram para 8 a 6 no primeiro tempo técnico. A Raposa continuou dominando toda a parcial, que ficou equilibrada no final, com os goianos passando à frente em 24 a 25. Mas o ponteiro Leozinho recebeu quatro bolas seguidas, virou três contra ataques e ainda fechou o set ganhando uma “mão-de-ferro” na rede: 28 a 26.

Na segunda parcial, a vantagem foi do clube de Goiânia durante toda a etapa. Entretanto, o Sada/Unifemm nunca deixou o adversário abrir mais de três pontos e chegou a empatar em 20 a 20. Com boa atuação no ataque, os donos da casa chegaram a virar em 21 a 20, mas os experientes visitantes aproveitaram melhor a chance que tiveram de fechar o set em 27 a 29.

A tônica foi a mesma no início da terceira etapa, empatada até 4 a 4. Com um bom trabalho no bloqueio e volume defensivo, o time estrelado abriu vantagem em 9 a 5. O levantador Cristiano distribuía bem o ataque, principalmente com Rammé e Moreno, e os anfitriões administraram a vantagem até o 20° ponto. Novamente nesta faixa do set, o duelo voltou a ser disputado ponto a ponto. O Monte Cristo cresceu no saque e no ataque, contou com algumas falhas do adversário e fecharam em 23 a 25.

Mais concentrado na quarta parcial, o clube cinco estrelas já começou mostrando como o set seria na primeira bola, em uma largadinha habilidosa de Leozinho que caiu atrás do bloqueio. Em seguida, o ponteiro e capitão da Raposa marcou três pontos consecutivos de bloqueio, abrindo 6 a 2. E o que se viu depois foi o bloqueio dos donos da casa parando o ataque adversário. No final, 25 a 13, com tranquilidade para o Sada/Unifemm.

O elenco goiano começou muito bem o tie-break e chegou à virada de quadra em vantagem, com o placar marcando 8 a 5. Com o apoio das arquibancadas, o Sada/Unifemm chegou a encostar em 11 a 10 e 12 a 11, porém, o Monte Cristo soube usar a experiência para sair com a vitória por 15 a 12.

“A cada dia eu percebo o nosso grupo ainda mais unido, com aquela sensação de que você pode olhar para o lado e confiar no companheiro. Nós cometemos alguns errinhos nos finais de set que atrapalharam um pouco, mas acho que, mesmo assim, a equipe está de parabéns. A gente evolui muito com essa derrota e vamos treinar bastante para a sequência. Então saio de quadra com o sentimento um pouco ruim pela derrota, mas feliz com o desempenho da equipe. Juan e Rammé passaram muito bem, deram constância para o time. Então estou feliz e com os pés no chão para trabalhar muito”, declarou o ponteiro Leozinho.

No próximo sábado, às 9h, o Monte Cristo volta a quadra para enfrentar o Uberlândia/Gabarito, no ginásio Sabiazinho. No mesmo dia, às 17h, o Sada/Unifemm encara o Botafogo, novamente em Sete Lagoas.

Equipes:

Sada/Unifemm: Cristiano, Moreno, Leozinho, Ramme, Bruno, Rômulo e Juan Mendez (líbero)
entraram: Adami, Robert e Franco
técnico: Henrique Furtado

Monte Cristo: Fabiano, Hudson, Vivalde, Danilo, Lucas Gil, Hashid e Weiber (líbero)
entraram: James, Murylo, Có e Lucas
técnico: Paulo Martins

foto: Renato Araújo/Divulgação Sada Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário