domingo, 10 de janeiro de 2016

Rubinho observa adversários durante o Pré-Olímpico na Alemanha

Faltam menos de oito meses para os Jogos Olímpicos e, com isso, a comissão técnica da Seleção brasileira aumenta ainda mais o ritmo de trabalho. Neste início de ano, o assistente-técnico Rubinho está na cidade de Berlim, na Alemanha, para acompanhar o torneio pré-olímpico europeu que classifica a equipe campeã para o Rio/2016. Essa é uma oportunidade de estar perto dos times mais fortes do mundo e possíveis adversários na briga por medalhas.

“Observamos as possibilidades de cada uma das equipes e, assim, vamos fechando o cerco em cima das que se classificam para os Jogos Olímpicos. Assim, vamos fazendo antecipadamente um estudo desses times e, em paralelo a isso, estudamos os jogadores individualmente. É um trabalho conjugado e, com isso, chegamos aos treinamentos com uma ideia do que teremos pela frente nos Jogos e, antes, na Liga Mundial. Estar aqui significa agregar informações”, explicou Rubinho, que em grande parte das viagens é acompanhado pelo preparador físico da seleção, Renato Bacchi.

“Quanto aos brasileiros, nos últimos três anos temos feito esse trabalho, com o Renato na área física e eu, na técnica. Sem dúvida, é muito importante fazer o acompanhamento dos jogadores que estão fora”, concluiu o auxiliar-técnico, ao falar do acompanhamento de atletas que jogam longe do Brasil.

Neste domingo ocorre a decisão de quem fica com a vaga. Estão na luta Rússia e França, que eliminaram nas semifinais Alemanha e Polônia, respectivamente. Vale lembrar que além do Brasil já estão com um lugar garantido no Rio/2016, as seleções dos Estados Unidos e Itália (Copa do Mundo) e da Argentina (pré-olímpico sul-americano).

foto: CEV/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário