sábado, 23 de janeiro de 2016

(Copa Brasil) Brasil Kirin x Sada/Cruzeiro decidem o título neste sábado

A decisão da Copa Banco do Brasil ocorre neste sábado, às 21h, quando Brasil Kirin e Sada/Cruzeiro se enfrentam no ginásio do Taquaral, em Campinas. A equipe paulista eliminou o Voleisul/Paquetá Esportes na semifinal, enquanto o time mineiro passou pelo Sesi-SP. Os ingressos já estão esgotados para o confronto e a transmissão será do Sportv e da TV Brasil.

O Brasil Kirin quer contar mais uma vez com o apoio da torcida para buscar o título da Copa do Brasil. O técnico Alexandre Stanzioni espera um bom desempenho do time apesar do duelo complicado pela frente, porém aposta no bom rendimento do setor ofensivo, com destaque para o oposto Wallace e os ponteiro Olteanu e Lucas Loh.

“Será uma pedreira total, com certeza. Mas fiquei feliz com nosso desempenho. Jogamos bem, mostramos uma evolução e a expectativa é das melhores para mais esta decisão (...) Vamos ter que ser agressivos, arriscar no saque, tentar dificultar o jogo deles e ir para ganhar. Entraremos com este espírito. Jogamos um pouco mais soltos, pois eles tem o favoritismo e isto pode nos beneficiar”, disse Alexandre Stanzioni.

“Será um desafio muito grande jogar contra uma equipe multicampeã, mas esse campeonato tem um valor muito grande para o Vôlei Brasil Kirin e para o projeto como um todo. Por isso, vamos entrar para fazer um grande jogo e buscar o título. Mas, ao mesmo tempo, vamos jogar soltos e passar a responsabilidade para o outro lado. Para conquistar esse título contamos com o apoio do nosso sétimo jogador em quadra, que é nossa torcida”, destacou o ponteiro Lucas Lóh.

Em busca do bicampeonato da Copa Brasil, o Sada/Cruzeiro, que venceu em 2014, terá quase força máxima na decisão. A única ausência fica por conta do central Isasc, que vem sendo substituído por Eder Levi. A equipe do técnico Marcelo Mendez, que vem acumulando os melhores resultados do vôlei brasileiro na atualidade, vai tentar conquistar o seu quarto título somente nesta temporada.

“Teremos um jogo muito difícil pela frente. O Brasil Kirin é um time forte, com jogadores experientes e precisamos minimizar ao máximo nossos erros. Temos que tratar de jogar muito bem, trabalhar bem cada ponto”, disse o treinador Marcelo Mendez.

“É incrível poder chegar a mais uma final com esse time. Sabemos que vai ser um jogo difícil. A equipe do Brasil Kirin é forte e não vai facilitar para o nosso grupo. Por isso, temos que entrar muito concentrados no jogo, manter o foco e não vacilar. Estamos trabalhando duro e vamos dar o nosso melhor em quadra para conquistar mais esse título”, disse o oposto Wallace.

“Não dá para ficar pensando muito nisso, a gente tem que pensar no jogo. Se a gente fizer bem dentro da quadra, o resultado flui naturalmente. Que a gente continue nesse mesmo ritmo, com pé no chão, com a mesma vontade. Essa final vai ser um jogo duro, eles estão em casa, têm um elenco forte. Temos que jogar muito bem”, afirmou o líbero Serginho.

Equipes:

Brasil Kirin: Gonzalez, Wallace, Luizinho, Maurício, Olteanu, Lucas Lóh e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Alexandre Stanzioni

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Filipe, Leal, Éder, Éder Levi e Serginho (líbero)
técnico: Marcelo Mendez

foto: Gabriel Inamine & Renato Araujo

Nenhum comentário:

Postar um comentário