terça-feira, 22 de dezembro de 2015

(Superliga) Sada/Cruzeiro derrota Juiz de Fora e fecha 1º turno na liderança

Com apoio da torcida, o Sada/Cruzeiro fechou o ano com vitória sobre o Juiz de Fora por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/21, 25/23, no ginásio do Riacho, em Contagem, pela 11ª rodada da Superliga 2015/2016. Com o resultado, o time mineiro chegou aos 27 pontos e fechou o 1º turno na liderança isolada da competição, enquanto a equipe de Alessandro Fadul aparece na lanterna, com apenas três pontos ganhos.

Mesmo sem colocar força máxima em quadra, o Sada/Cruzeiro iniciou melhor a partida e chegou ao primeiro tempo técnico na frente: 8 a 6. O Juiz de Fora equilibrava o jogo com bom desempenho no saque, tanto que no segundo tempo obrigatório estava colocado no placar: 16 a 15. Com bom trabalho no ataque do ponteiro Renato e do oposto Leandrão, os visitantes viraram: 20 a 21, porém na reta final, os donos da casa mostraram tranquilidade para vencer por 25 a 21.

No início do segundo set, o Sada/Cruzeiro impôs seu ritmo e logo fez 8 a 5 na primeira parada técnica. Com o ponteiro Rodriguinho jogando bem, os donos da casa mantiveram a vantagem no segundo tempo obrigatório: 16 a 13. O Juiz de Fora ainda buscou uma reação, mas tendo Fernando Cachopa distribuindo bem as jogadas, os donos da casa administraram a vantagem e fecharam a parcial em 25 a 23.

Apostando no saque forçado e no bloqueio, o Juiz de Fora começou com tudo no terceiro set, fazendo 4 a 8 na primeira parada técnica. Entretanto, o Sada/Cruzeiro logo voltou a dominar as ações e no segundo tempo obrigatório já estava na frente do placar: 16 a 15. Leal comandava o ataque celeste que foi administrando o marcador: 21 a 18 e mesmo com os visitantes tentando encostar, o time de Marcelo Mendez teve tranquilidade para fechar em 25 a 23.

“Eu acho que em alguns momentos da partida eu fui bem, mas em outros eu fui irregular. Eu não esperava, fiquei surpreso com esse prêmio e estou muito feliz. A responsabilidade de começar uma partida como titular não é pequena. Mas todos passam uma tranquilidade grande para a gente. A comissão técnica mostra confiança e isso ajuda bastante dentro da quadra, para a gente ficar um pouco mais solto, mais tranquilo”, disse Rodriguinho.

Agora as duas equipes só voltam a jogar pela Superliga em 2016. O Sada/Cruzeiro encara no dia 9 de janeiro, às 19h, o Bento Vôlei/Isabela, no ginásio do Riacho, em Contagem. No mesmo dia, às 18h, o Juiz de Fora recebe o Voleisul/Paquetá Esportes, no ginásio da UFJF.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Wallace, Éder, Éder Levi, Rodriguinho, Leal e Serginho (líbero)
entraram: William, Alan e Winters.
técnico: Marcelo Mendez

Juiz de Fora Vôlei: Felipe Hernandez, Leandrão, Diego Almeida, Igor, Renato Hermely, Djalma e Fabio Paes (libero)
entraram: Tarik, Ricardo, Tatinho e Mark
técnico: Alessandro Fadul

foto: Renato Araújo/Sada/Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário