domingo, 13 de dezembro de 2015

(Superliga) Montes Claros mostra força em casa e derrota Bento Vôlei/Isabela

Jogando no ginásio Tancredo Neves, o Montes Claros teve que suar a camisa para vence o Bento Vôlei/Isabela por 3 sets a 2, parciais de 19/25, 25/22, 25/17, 17/25 e 15/6, pela 9ª rodada da Superliga 2015/2016. Com o resultado, a equipe mineira chegou aos 18 pontos e aparece na 3ª posição, enquanto o time gaúcho segue no 10º lugar, com nove pontos ganhos.

O Bento Vôlei/Isabela começou melhor colocando 0 a 5 no placar, com Zé Ricardo em ótima sequência de saques. A equipe gaúcha se manteve à frente durante toda a parcial sem dar chance para o Montes Claros encostar: 2 a 8 na primeira parada técnica e 9 a 16 no segundo tempo obrigatório. A diferença continuou alta conforme o tempo passava, principalmente por causa do saque e dos erros do adversário. Assim, com 25 a 19, os visitantes fecharam o primeiro set.

O segundo set foi mais equilibrado e o Montes Claros iniciou melhor chegando a primeira parada técnica com 8 a 4. Os visitantes conseguiram equilibrar as ações e encostar no placar: 16 a 14, com destaque para o ponteiro Bruno Temponi. No final muita emoção e empurrados pelo grito da torcida, o time mineiro conseguiu vencer a parcial por 25 a 23.

A terceira etapa iniciou parelha, mas logo Montes Claros acertou a mão e abriu uma grande vantagem de sete pontos na metade do set, chegando a segunda parada técnica com 16 a 8. Os comandados de Paulão não conseguiam esboçar uma reação e depois de colocar 21 a 13 no placar, com destaque para o ponteiro Kadu, os donos da casa tiveram tranquilidade para fechar em 25 a 17.

Perdendo por 2 sets a 1, o Bento Vôlei/Isabela voltou na quarta etapa disposto a tentar a vitória e mesmo com a vantagem de Montes Claros na primeira parada técnica: 8 a 7, não deu chances para o adversário na sequência. A equipe gaúcha foi muito bem no bloqueio e logo virou o placar: 12 a 16 e com bom aproveitamento nos contra-ataques fez 15 a 21 e fechou o quarto set em 17 a 25.

O set de desempate teve como nome o ponteiro Bob. O jogador de Montes Claros foi fundamental para desestabilizar o passe adversário, ajudando o time a fazer 5 a 2 e abrir incríveis 10 a 3 no tie-break. Tranquilos em quadra, os mineiros apenas administraram a boa vantagem para fechar o duelo em 15 a 6.

“Estou tentando sacar bem, para ajudar a equipe. Quebrar o passe da recepção adversária para ajudar o nosso bloqueio”, disse o central Rafael, eleito melhor em quadra e que teve 87% de aproveitamento no saque.

“Esperamos que toda partida seja muito difícil. O que ficou muito aquém foi nosso desempenho no primeiro set. Ficou muito abaixo do que vínhamos produzindo nos últimos jogos. No segundo set consertamos um pouco. Passamos a sacar melhor, valorizar melhor nossa posse de bola. Foi aí que sobressaiu o nosso jogo”, declarou o técnico Marcelinho Ramos. 

“A gente ainda está buscando essa vitória fora de casa. Hoje, tivemos um percentual de contra-ataques muito alto, mas não conseguimos botar a bola no chão. É o nosso calcanhar de Aquiles”, explicou o treinador Paulão.

Na próxima quinta-feira, às 20h, o Montes Claros encara o Lebes/Gedore/Canoas, no ginásio La Salle. Já o Bento Volei/Isabela entra em quadra já nesta segunda-feira, às 20h, diante do Minas Tênis Clube, na Arena JK, em partida atrasada da 8ª rodada.

Equipes:

Montes Claros: Rodrigo Ribeiro, André Nascimento, Salsa, Rafael, Bob, Kadu e Kachel (líbero)
entraram: Índio, Juninho, Maicon, Renan e Gian
técnico: Marcelinho Ramos

Bento Vôlei/Isabela: Marlon, Rivaldo, Temponi, Ocampo, Giovanni, Zé Ricardo e Daniel (líbero)
entraram: Bergamo, Henrique, Rivoli e Willian Refatti
técnico: Paulão

foto: Alexander Sezko

Nenhum comentário:

Postar um comentário