sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

(Superliga) Lebes/Gedore/Canoas supera Funvic/Taubaté no tie-break

Mesmo jogando no ginásio Abaeté, o Lebes/Gedore/Canoas não se intimidou e venceu a Funvic/Taubaté, até então líder, por 3 sets a 2, parciais de 21/25, 25/18, 31/33, 25/19 e 9/15, pela 8ª rodada da Superliga 2015/2016. Com o resultado, a equipe gaúcha chegou aos 10 pontos e agora está no 8º lugar, enquanto o time do Vale do Paraíba caiu para a segunda posição, com 19 pontos.

Logo no início do primeiro set, o Lebes/Gedore/Canoas acabou perdendo o ponteiro Alê (entorse no tornozelo esquerdo), que precisou ser substituído por Bozko. Independente da mudança, a equipe gaúcha chegou a primeira parada técnica na frente: 5 a 8 e na sequência o placar já estava 12 a 16 no segundo tempo obrigatório. Essa vantagem deixou os visitantes mais tranquilos em quadra e com um ataque de Dennis fecharam a parcial em 21 a 25.

Após a derrota na parcial anterior, a Funvic/Taubaté entrou mais ligada e fez 8 a 6 na primeira parada técnica. Com o oposto Leozão e o ponteiro Lucarelli bastante acionados, os donos da casa mantiveram a dianteira no placar: 16 a 13 no segundo tempo obrigatório. Na reta final do set, o que se via era o time paulista impondo um maior volume de jogo e com isso chegaram a vitória por 25 a 18.

A igualdade em sets se reproduziu nas ações de jogo na terceira etapa, a mais equilibrada e tensa de todo o jogo. Em ótima passagem de Lucarelli pelo saque antes do segundo tempo técnico, os paulistas abriram a vantagem: 16 a 14, que na sequência se tornou 21 a 19. O Lebes/Gedore/Canoas não se entregou e com ótimo aproveitamento de Léo Caldeira no ataque salvou seis set points. Até que o bloqueio do cubano Angel Dennis funcionou e os visitantes fecharam em 33 a 31.

No quarto set, novo equilíbrio e a Funvic/Taubaté na frente na primeira parada técnica: 8 a 7. Os comandados de Cezar Douglas seguiram forte no ataque, com o levantador Rapha variando bastante e, por conta disso, fizeram 16 a 13 no segundo tempo técnico. A equipe gaúcha tentava reagir, mas não conseguia ter o rendimento da parcial anterior, tanto que o time do Vale do Paraíba venceu por 25 a 19.

No tie-break, o Lebes/Gedore/Canoas começou bem melhor, sendo mais eficiente nos contra-ataques: 2 a 5. Essa pequena vantagem aumentou um pouco mais com o bom rendimento de Dennis e Leo Caldeira (maior pontuador da partida): 6 a 10. No final, com tranquilidade, os visitantes conseguiram fazer o side-out e fecharam o duelo em 9 a 15.

“O diferencial foi que tivemos a capacidade de buscar a recuperação nos momentos decisivos. Tivemos paciência quando estávamos atrás no placar e não perdemos a cabeça em nenhum momento. O time de Taubaté é um grande adversário, com um ótimo volume de jogo, o que foi comprovado no 4º set. Mas no 5º jogamos muito bem, fomos merecedores do resultado. Os mais experientes mantiveram o equilíbrio da equipe. Bozko foi essencial ao substituir o Alê. Tarcísio foi determinante no saque. No entanto, o que me deixa mais feliz é que o resultado do trabalho apareceu. Este é um grupo com grande potencial, que sabe atuar coletivamente e que tem muito ainda a mostrar nesta Superliga”, afirmou o técnico Marcelo Fronckowiak.

Equipes:

Funvic/Taubaté: Rapha, Leozão, Lucarelli, Japa, Deivid,Otávio e Felipe (líbero)
entraram: Ialisson, Diego e Pedro
técnico: Cezar Douglas

Lebes/Gedore/Canoas: Sandro, Dennis, Victor Hugo, Tarcisio, Alê, Leo Caldeira e Jeffe (líbero)
entraram: Matheus, Evandro, Batagim e Bozko
técnico: Marcelo Fronckowiak

foto: Rafinha Oliveira/Funvic Taubaté

Nenhum comentário:

Postar um comentário